Copa América

Seleção vira sobre a Colômbia aos 55 do segundo tempo

Placar de 2 a 1 teve gols de Firmino e Casemiro, em duelo recheado de polêmicas

23 de Junho de 2021 - 23h18 Corrigir A + A -
Roberto Firmino entrou no segundo tempo e fez, de cabeça, o gol de empate (Foto: Lucas Figueiredo - CBF)

Roberto Firmino entrou no segundo tempo e fez, de cabeça, o gol de empate (Foto: Lucas Figueiredo - CBF)

Já garantido nas quartas de final da Copa América, a Seleção Brasileira confirmou na noite desta quarta-feira (23) a liderança do grupo B do torneio. Foi com vitória emocionante por 2 a 1 sobre a Colômbia, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. A equipe de Tite saiu atrás no começo após golaço de Luis Díaz, mas virou na etapa final com tentos de Roberto Firmino e Casemiro - este último aos 55 minutos do segundo tempo.

Na escalação, Weverton iniciou como goleiro, e nomes de maior peso, como Marquinhos e Casemiro, retornam após descanso no compromisso anterior. Neymar continuou ganhando minutos, e a base também não sofreu grandes alterações. Com a bola rolando, porém, vantagem colombiana: os cafeteros abriram o placar com voleio espetacular de Luis Díaz, aproveitando cruzamento de Juan Cuadrado.

Foi só na metade derradeira da partida que o Brasil conseguiu, de fato, dominar o duelo. Aos 35, Renan Lodi levantou e Firmino cabeceou para, contando com falha de Ospina, empatar. O lance teve polêmica, pois um passe de Neymar, que seria errado, bateu no árbitro argentino Néstor Pitana e voltou à posse canarinho, permitindo a igualdade no marcador.

Depois de muita reclamação, o jogo retornou. Por isso, aliás, a arbitragem assinalou dez minutos de acréscimo. E na última volta do cronômetro, Neymar cobrou escanteio na cabeça de Casemiro, que desviou na primeira trave para garantir mais uma vitória brasileira em sequência: 2 a 1.

A Seleção é líder confirmada da chave e volta a campo para cumprir tabela no domingo (27), às 18h, contra o Equador, no Mané Garrincha, em Brasília. O mata-mata começa na sequência.

Outros jogos

Pela mesma chave do Brasil, o Equador saiu ganhando do Peru por 2 a 0 em Goiânia, mas tomou o empate e o confronto acabou em 2 a 2. Faltando uma rodada, a Seleção soma nove pontos, contra quatro da Colômbia e dos peruanos, além de dois dos equatorianos e da Venezuela. O adversário desta quarta folga na jornada final mas já está classificado.

Já o grupo A continua amanhã com a penúltima rodada. Enfrentam-se Bolívia e Uruguai às 18h e Chile e Paraguai a partir das 21h. A Argentina, líder com sete pontos, folga. Os demais: Chile cinco, Paraguai três, Uruguai um e Bolívia zero.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados