Clássicos

Rio Grande volta a ter campeonato citadino de futebol

Riograndense, Rio Grande e São Paulo disputam a taça 50 anos da Furg a partir do dia 17 de novembro no estádio Aldo Dapuzzo; última edição do torneio foi em 2009

17 de Setembro de 2019 - 18h42 Corrigir A + A -
São Paulo foi campeão em 2009 ao vencer o Tricolor por 4 a 2 no segundo jogo da final (Foto: Marcus Maciel - Infocenter - DP)

São Paulo foi campeão em 2009 ao vencer o Tricolor por 4 a 2 no segundo jogo da final (Foto: Marcus Maciel - Infocenter - DP)

Dez anos depois, Rio Grande voltará a ter um campeonato citadino de futebol. Com participação confirmada de Rio Grande, São Paulo e Riograndense, o torneio será disputado a partir do dia 17 de novembro. Os detalhes e a tabela foram divulgados na manhã desta terça-feira (17) em uma coletiva de imprensa que reuniu representantes das três agremiações no Hotel Laghetto.

Todos os jogos serão no estádio Aldo Dapuzzo. O modelo prevê apenas uma partida por semana. Na rodada de estreia, o Rio Grande enfrenta o Riograndense, dia 17, às 17h. No domingo seguinte, 24, é a vez de Riograndense e São Paulo. O clássico Rio-Rita encerra a fase classificatória no dia 1º de dezembro. Os clubes com as duas melhores campanhas fazem a final no dia 8 e o campeão fica com o troféu 50 anos da Furg.

História
O campeonato citadino de Rio Grande teve sua primeira edição em 1916 e foi vencido pelo São Paulo. De lá pra cá, houve mais 64 torneios. No total, são 30 títulos para o Leão do Parque contra 19 do Vovô e 17 do Guri Teimoso. O General Osório, antigo clube que era ligado ao Exército, sagrou-se campeão em 1925, mas encerrou as atividades poucos anos depois.

A última edição do citadino foi realizada em 2009. Na ocasião, o São Paulo venceu Rio Grande e Riograndense na fase inicial, ambos por 1 a 0. No confronto direto, o Vovô levou a melhor sobre o Guri Teimoso nos pênaltis depois de um empate por 3 a 3 no tempo normal. O campeão foi definido em dois clássicos Rio-Rita. Empate por 1 a 1 no primeiro e vitória rubro-verde no segundo por 4 a 2.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados