Série B

Retrospecto à prova

Brasil terá de superar o Coritiba, melhor mandante da Série B, para manter a boa campanha como visitante nesta noite, pela 16º rodada da Série B do Brasileiro

13 de Agosto de 2019 - 13h25 Corrigir A + A -
Xavante fez o último treino antes da partida no CT do Athlético Paranaense (Foto: AI Athlético)

Xavante fez o último treino antes da partida no CT do Athlético Paranaense (Foto: AI Athlético)

A boa campanha fora de casa é que tem mantido o Xavante em uma zona intermediária na tabela de classificação. Principalmente o desempenho nos últimos cinco jogos, nos quais o Brasil somou nove dos 15 pontos possíveis. Contudo, o maior desafio como visitante será na noite desta terça (13) , às 21h30min, no Couto Pereira em Curitiba, quando enfrentará o Coritiba pela 16ª rodada, que é o time de melhor campanha como anfitrião.

O Xavante está invicto há cinco partidas como visitante. Em contrapartida, o Coxa não perde há seis jogos na Série B. Em casa a campanha é excelente: são seis vitórias, um empate e uma derrota em oito confrontos. Total de 19 dos 26 pontos conquistados no Couto Pereira - os últimos três diante do Figueirense, na última rodada. Estar em cima da tabela não é garantia de vitória diante do rubro-negro, pelo contrário, é nesse momento que o Brasil mostra mais força. Foi assim frente ao Botafogo-SP, quando venceu por 3 a 2 - era o segundo colocado naquela ocasião - e nos empates diante de Sport e Cuiabá, que pleiteavam uma vaga no G-4. A única derrota para os líderes foi diante do Londrina.

"Estamos tendo um histórico muito bom jogando fora de casa. Eu estreei fora de casa e ainda não perdemos como visitante. O Coritiba vem com apoio do torcedor, que tem lotado todos os jogos neste momento. Temos que estar preparados durante todo o jogo", afirmou o técnico Bolívar.

Concentração. Essa é a palavra-chave do comandante rubro-negro para conseguir somar pontos no Couto Pereira. Mantendo a intensidade e acertando o detalhe no último passe, o General acredita que é possível sair até mesmo com os três pontos. "É preciso somar pontos fora de casa. É claro que pensamos primeiro na vitória, mas o empate é considerado bom resultado. O objetivo é a vitória, é questão de detalhe, pois estamos criando chances para vencer o jogo - foi assim contra o Oeste. Às vezes é um pouco de calma e paciência para acertar o último passe. Acredito que é detalhe e ter uma concentração um pouco maior", analisou.

Equipes
O time não deverá ter novidades. Apesar de Branquinho ter viajado e estar recuperado de lesão, Murilo Rangel deve seguir como titular. Ainda sem lateral esquerdo, Ednei será mantido na posição. Já o Coritiba terá o retorno de Robson, que cumpriu suspensão, no ataque. Ele volta na vaga de Welissol na ponta esquerda ofensiva.

A tendência é que seja um jogo com os anfitriões propondo com a bola, utilizando bastante os lados para atacar e buscar cruzamentos para Rodrigão, e o Xavante postado atrás da linha da bola, apostando em saídas de velocidade de Cristian.

Ficha técnica
Coritiba; Alex Muralha; Diogo Mateus, Rafael Lima, Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Juan Alano, Thiago Lopes, Giovanni, Robson e Rodrigão. Técnico: Umberto Louzer

Brasil; Carlos Eduardo; Ricardo Luz, Bruno Aguiar, Camilo e Ednei; Leandro Leite, Carlos Jatobá, Diogo Oliveira e Murilo Rangel; Cristian e Rafael Grampola. Técnico: Bolívar

Árbitro: Felipe de Lima
Local: Couto Pereira, em Curitiba
Horário: às 21h30min

 

 

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados