Série B

Retorno pela sequência

Após ser reserva em um ano de Brasil, Ednei espera finalmente ser o dono da camisa 2 rubro-negra

22 de Abril de 2019 - 18h23 Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Ednei entrou no segundo tempo contra o Zequinha neste último sábado (Foto: Jonathan Silva - Especial DP)

Ednei entrou no segundo tempo contra o Zequinha neste último sábado (Foto: Jonathan Silva - Especial DP)

"Retornando para casa." As primeiras palavras de Ednei, 33, na coletiva de apresentação, ilustram a felicidade do lateral direito de retornar ao Bento Freitas. O atleta, que defendeu o Novo Hamburgo no Gauchão atuando em oito partidas, quer retomar uma história que acabou interrompida de forma prematura.

"Retornando para casa. Quero dar continuidade no trabalho que foi interrompido lá atrás. Estou muito motivado, muito feliz por estar retornando", afirmou Ednei.

A segunda passagem do lateral pela Baixada será a primeira desde um início de competição. Em 2017 chegou em meio à Série B do Brasileiro, indicado pelo técnico Rogério Zimmermann. O lateral não teve muito tempo de trabalho com o comandante e acabou permanecendo até o final do Gauchão de 2018, quando foi dispensado pelo então técnico Clemer, na reserva de Éder Sciola, que, diga-se, teve uma grande passagem no Bento Freitas. Diferentemente dos poucos 16 jogos, a maioria deles saindo do banco de reservas, que fez entre os dois semestres que defendeu o Brasil, o lateral direito espera que agora possa ganhar oportunidade com o camisa 2 titular.

"Tenho esperança de ter uma sequência por conhecer o Rogério. Ele que me trouxe nas duas vezes. A motivação é maior por ter um início de trabalho. É muito importante chegar no início de trabalho. É muito diferente do que chegar na metade, na metade é mais complicado. Tive a oportunidade de fazer os treinamentos. Espero fazer uma Série B muito boa por ser início de trabalho", disse o lateral.

Ednei está pronto para a estreia. É o que afirma o próprio atleta em relação à parte física e técnica. Ele disputa com Ricardo Luz a posição de titular. Luz acabou sendo titular nos dois jogos-treinos contra o São José, apesar de não ter feito um bom Gauchão e ter a desconfiança da torcida xavante. Ednei entrou no segundo tempo da partida do último sábado no Bento Freitas e vê no conhecimento de Zimmermann uma garantia para se encaixar rapidamente na equipe. "Fiquei dez dias em casa e tive dez dias de treino agora. Se não 100%, estou próximo do estágio ideal para a estreia. O Rogério é um treinador que admiro muito, pelo profissional e pela maneira de gerir o grupo. E o Brasil ele conhece. Como a gente fala, é a casa dele".

Dificuldades
Não há previsão para a chegada de um centroavante. O Departamento de Futebol rubro-negro está com dificuldades de encontrar um nome ideal no mercado. A Série A2 do Paulista pode ser uma alternativa para buscar o camisa 9. A ideia da direção é um jogador de força e que jogue como referência na área.

Árbitro
Está escalado o árbitro para a partida entre Brasil e Bragantino, sexta-feira (26), às 19h15min no Bento Freitas, pela estreia da Série B do Brasileiro. O jogo será comandado por José Mendonça, árbitro paranaense.

 

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados