Tóquio 2020

Rebeca Andrade é prata na ginástica artística

Aos 22 anos, ginasta faz história e se torna a primeira mulher brasileira medalhista no esporte em Jogos Olímpicos

29 de Julho de 2021 - 10h51 Corrigir A + A -
Rebeca ainda disputa outras duas finais nesta edição dos Jogos (Foto: Ricardo Bufolin - CBG)

Rebeca ainda disputa outras duas finais nesta edição dos Jogos (Foto: Ricardo Bufolin - CBG)

Rebeca Andrade, 22 anos, fez história nesta quinta-feira (29). Ao som de Baile de Favela, a brasileira conquistou a medalha de prata no individual feminino da ginástica artística, ficando atrás apenas da estadunidense Sunisa Lee.

No salto, ela conseguiu a nota de 15.300. Depois, alcançou 14.666 nas barras assimétricas e 13.566 na trave, antes de receber 13.666 no solo. Ao total, somou 57.298, contra 57.433 da vencedora e 57.199 da medalhista de bronze, a russa Angelina Melnikova.

E tudo leva a crer que vem mais por aí. Afinal de contas, Rebeca ainda está em outras duas finais na ginástica. O próximo domingo terá a decisão do salto, e a segunda-feira reserva a busca pela medalha no solo.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados