Série B

Pior defesa com louvor

Oeste sofreu 39 gols em 21 jogos e marcou apenas 11 vezes na competição

19 de Novembro de 2020 - 11h29 Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Apesar de bons jogos por parte do goleiro Caíque França, time paulista sofre quase dois gols por partida (Foto: Divulgação - DP)

Apesar de bons jogos por parte do goleiro Caíque França, time paulista sofre quase dois gols por partida (Foto: Divulgação - DP)

O Oeste, adversário do Brasil, às 16h30min deste sábado (21), não é o lanterna da Série B por acaso. Pelo contrário: o time paulista possui os piores números da competição. Em 21 jogos, venceu apenas uma partida, empatou cinco e perdeu 15.

Com 11 gols marcados tem o pior ataque da Série B, e com 39 gols sofridos, possui a pior defesa da competição. Os times que vêm depois no ranking de piores defesas sofreram dez gols a menos.

A fragilidade defensiva do time paulista passa pela passividade na marcação. É uma equipe pressiona pouco o portador da bola, defende muito mal a zona central e os cruzamentos. Foi assim que, diante de Sampaio Correa e CRB, levaram os cinco gols. Diante da Chapecoense, na Arena Condá, onde conquistou um surpreendente 0 a 0, o Oeste também apresentou essas falhas, porém acabou tendo uma grande atuação do goleiro Caíque França.
Para melhorar os números ofensivos, o Oeste aposta em um velho conhecido. O clube repatriou o centroavante Fábio. Vice artilheiro da Série B de 2019 pelo time paulista, com 15 gols, o jogador passou os últimos meses defendendo o Albirex Niigata, do Japão. Na estreia contra o CRB o atacante passou em branco.

Com oito pontos em 20 jogos, o Rubrão é o lanterna e vê a distância para o primeiro time fora da zona da degola atingir 13 pontos.

Apesar de o adversário ter números e desempenho tão ruins, o Brasil tem aplicado o discurso de que todo cuidado é pouco. “Independentemente se for contra o líder ou contra o lanterna sabemos que na Série B só tem jogos difíceis e temos que entrar com foco e concentração”, afirmou Bruno José.

O atacante foi o escolhido para conceder a entrevista na semana através do canal no YouTube do Brasil. Bruno José destacou o bom momento e a sequência de seis jogos como titular no Xavante.

“Sempre procuro ajudar a equipe, não importa se é com gols ou na linha defensiva. Procuro sempre dar o melhor dentro de campo”, afirmou o jogador, que também falou sobre os gols marcados: “finalização é uma coisa que eu sempre trabalhei para evoluir, para chegar na hora e ter a frieza, escolher melhor o canto”, finalizou.

Viagem
Cláudio Tencati comanda - na manhã dessa quinta-feira - a última atividade em Pelotas. Após o almoço, o elenco viaja para o Estado de São Paulo, onde no sábado, na Arena Barueri, encara o Oeste às 16h30min.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados