Copa Seu Verardi

Perfil traçado

Um dia após classificação para a final da Copinha, Pelotas apresenta oficialmente Tiago Gaúcho como novo coordenador técnico, pensando na formação de grupo para 2020

11 de Novembro de 2019 - 20h26 Corrigir A + A -
Tiago não esconde a paixão pelo clube da Avenida  (Foto: Tales Leal/ECP)

Tiago não esconde a paixão pelo clube da Avenida (Foto: Tales Leal/ECP)

O torcedor áureo-cerúleo soube recentemente que Tiago Gaúcho havia sido o nome escolhido pela direção do Pelotas para ocupar a lacuna deixada por Rafael Farias no departamento de futebol. O ex-jogador agora será o responsável pela coordenação técnica, importante cargo da atual composição diretiva e administrativa do clube. Ontem à tarde, ele foi apresentado oficialmente pelo diretor-executivo, Álvaro Prange, em tom que deixa clara a importância do profissional na formação do grupo para a disputa do calendário de 2020.

"Planejamos muitas coisas, umas aconteceram e outras estão por vir. Tivemos a saída do Rafael Farias e, depois de muitas conversas, nos aproximamos do Tiago. É uma satisfação muito grande em ter ele aqui na Boca do Lobo, trazendo toda sua experiência de campo, de atleta, de bastidores, de vestiário e de mercado. O Pelotas ganha muito com a chegada dele. Acho que ele personifica o momento do clube que busca títulos e o crescimento", comentou o diretor-executivo.

Com passagens importantes pelo Pelotas, Tiago Gaúcho acabou se destacando com a braçadeira de capitão, responsabilidade que assumiu no decorrer de sua história com a camisa áureo-cerúlea. Suas características enquanto jogador foram determinantes para que a direção identificasse nele, a figura ideal para auxiliar na busca por atletas com o mesmo perfil em campo.

"A gente vem para trabalhar e passar para os jogadores a responsabilidade de vestir a camisa do Pelotas. É ter o comprometimento com esse clube que está lutando para buscar coisas grandes. Mostrar que o Pelotas está querendo acessos nacionais. O Pelotas tem a chance de crescer e tenho a certeza que vai adentrar 2020 muito forte", comentou o ex-camisa 5.

De acordo com informações apuradas, cerca de oito jogadores já estariam encaminhados para a disputa do Campeonato Gaúcho. Estes seriam nomes pontuais para qualificar o atual grupo que deve servir de base para o ano que vem. Questionado se já haveria feito alguma indicação, Tiago Gaúcho destacou o trabalho realizado desde a pré-temporada do Lobo para a disputa da Copinha.

"Ninguém vai decidir sozinho. É um clube em que se busca a unidade. Já temos uma base. Pelo conhecimento, pela experiência que temos com quase 20 de futebol, sabemos quem é quem no mercado, quem tem o perfil e quem não tem. Vamos juntos com o departamento de futebol buscar as peças que faltam para o Campeonato Gaúcho e o Brasileiro. A busca por um grupo coeso e que esteja comprometido em buscar os objetivos é o que queremos", acrescentou.

Experiência e sede por conhecimento
Engana-se quem pensa que Tiago Gaúcho chega ao Pelotas apenas como um ex-jogador do clube. O conhecimento também foi buscado pelo ex-volante que está no final do curso de Administração. A sede por novas qualificações e a experiência comprovada em quase duas décadas vivendo do esporte fazem do novo coordenador técnico um profissional preocupado com a excelência do que pretende entregar no cargo.

"Sempre me preparei para esse momento, observando diretores, comissão técnica. Estou me formando em Administração, gosto muito dessa área da gestão de pessoas. Não caio de para-quedas, apenas como um ex-jogador. Me qualifiquei, busquei isso. Num clube que eu tenho o maior carinho e respeito, isso me enche de orgulho. A Copinha é nossa Copa do Mundo. Onde o Pelotas estiver, temos que buscar o título sempre", destacou.

Por fim, o ex-jogador comemorou o fato de retornar ao clube na véspera da final da Copa Seu Verardi e com a vaga da Série D confirmada para o ano de 2020. Segundo ele, o calendário diferenciado para a próxima temporada coloca o Pelotas num nicho de mercado mais promissor.

"São momentos especiais. Retorno ao clube num momento de crescimento. A Série D só vem a engrandecer. Ao jogador que quer um contrato maior, agora temos a oferecer. Tenho recebido ligações para parabenizar, sabemos que muda. O Ypiranga, o São José, estão numa Série C e já vêm pensando nisso. É o que queremos, que o Pelotas eleve seu patamar e a Série D vai nos ajudar nesse processo", finalizou.

Indefinição da final

De acordo com o diretor executivo Álvaro Prange, ainda não há definição sobre as datas e horários da final contra o São José. A tendência é que o primeiro jogo, a ser realizado na Boca do Lobo, ocorra às 19h do próximo domingo. Já o jogo da volta, marcado para o estádio Passo D'Areia, deve ser no sábado (23), já que o Internacional também manda jogo em Porto Alegre no domingo (24), data inicialmente prevista para a segunda partida.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados