Futebol

Pelotas inicia planejamento na segunda-feira

Técnico Ricardo Colbachini e o auxiliar Alessandro Telles irão se apresentar na Boca do Lobo para estabelecer o cronograma

19 de Maio de 2020 - 19h01 Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Contrato: Hugo Sanches é um dos jogadores com vínculo, mas pode sair para disputar a Série B (Foto: Gustavo Pereira - ECP)

Contrato: Hugo Sanches é um dos jogadores com vínculo, mas pode sair para disputar a Série B (Foto: Gustavo Pereira - ECP)

Aos poucos o Pelotas vai retomando a rotina no Departamento de Futebol. Na próxima segunda-feira (25) está prevista a chegada do técnico Ricardo Colbachini e do auxiliar técnico, Alessandro Telles, na Boca do Lobo para projetarem o restante da temporada.

A expectativa da direção áureo-cerúlea é de que a retomada ocorra até a primeira quinzena de julho e os jogos iniciem no começo de agosto. De maneira discreta o clube vem se movimentando no mercado. O orçamento para o restante do Gauchão e para a Série D do Brasileiro deverá ter o martelo batido ainda nesta semana.

Do elenco áureo-cerúleo nesta temporada apenas quatro ou cinco atletas devem permanecer. O número já inclui os oito jogadores que possuem contrato com o Lobo. Os atacantes Hugo Sanches e Juliano, que possuem vínculo com o Pelotas, devem se reapresentar para o Gauchão e a Série D. Porém, Hugo possui sondagens de clubes da Série B, o que deixa em aberto a possibilidade de não permanecer no clube. Situação semelhante a do volante Felipe Guedes, que também tem contrato.

Além desses três jogadores, outros cinco atletas estão vinculados ao Lobo. São os xarás Mateus Claus e Mateus Santana, os jovens Guilherme Bauer e João Pedro, e o atacante Tatá, que está de licença pelo INSS devido a uma grave lesão no joelho. 

Desse grupo, Claus está emprestado ao sub-23 do Bahia. Apesar de o clube baiano ter extinguido a categoria, deverá exercer a opção de compra em definitivo do goleiro. O Pelotas ainda ficaria com 30% dos direitos federativos de Claus.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados