Gauchão 2021

Pelotas encara o São José, em Porto Alegre, com a obrigação de vencer

Se triunfar sobre o Zequinha e contar com tropeço do Esportivo, Lobo sai da zona de descenso

18 de Abril de 2021 - 22h58 Corrigir A + A -
João Vieira é peça importante do time de Rafael Jacques no estádio Francisco Novelleto (Foto: Tales Leal/ECP)

João Vieira é peça importante do time de Rafael Jacques no estádio Francisco Novelleto (Foto: Tales Leal/ECP)

O futebol é repleto de folclores e frases prontas. Ditados populares. Sentenças que há décadas vivem protagonizando debates. Muitas não se aplicam, e por vezes são colocadas sem a devida contextualização. Entre as mais comuns está ''vencer ou vencer''. Pois diante do São José, no estádio Francisco Noveletto, a partir das 20h desta segunda-feira (19), a situação do Pelotas é exatamente essa.

Não existe a possibilidade de se contentar com um empate. Nem mesmo uma evolução no desempenho pode servir à torcida áureo-cerúlea logo mais. Em partida válida pela 10ª e penúltima rodada do Gauchão 2021, a equipe dirigida por Rafael Jacques precisa triunfar. Afinal de contas, soma apenas 7 pontos e ocupa a lanterna do estadual. Caso supere o Zequinha e o Esportivo não vença o Juventude, no mesmo horário, o Lobo sai da zona de descenso e passa a depender só de si para evitar a queda.

Desde o clássico Bra-Pel, a comissão técnica teve duas raras semanas livres para trabalhar com o elenco. Preparação física, aspecto psicológico e claro, questões técnicas e táticas estiveram no centro das atenções durante as atividades. O único desfalque em relação ao 0 a 0 contra o Brasil é Juliano, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Ele marcou presença em todas as rodadas do campeonato até então.

Consistência defensiva é a chave

A tendência é que a vaga seja herdada por Moisés, formando dupla de volantes com João Vieira. No 4-4-2 de Jacques, outro destaque fica por conta da permanência de Wendel Lomar como lateral esquerdo, o que deve manter uma estrutura de maior consistência defensiva na última linha. A criatividade passa por José Aldo e Bustamante, que acompanham o centroavante Marcão e um entre Wesley ou Marcos Paulo - única dúvida, a princípio, na escalação inicial.

No gramado sintético da casa do São José, tão conhecido por Rafael Jacques, que ganhou espaço como treinador dirigindo o Zequinha, o Pelotas tende a apostar na solidez defensiva para buscar a vitória. Nas nove rodadas anteriores, apenas na última o time conseguiu encerrar a partida sem sofrer gols. Bastaria, nesse cenário, encaixar um contragolpe eficaz ou aproveitar a bola parada. É esperar para ver.

Ficha Técnica 

São José: Fábio; Samuel, Pablo Ricardo, Victor Sallinas e Marcelo; Fabiano, Lissandro, França, Rafael Tavares e Alessandro Vinicius; Luiz Eduardo. Técnico: Hélio Vieira.

Pelotas: Gabriel Leite; Marcelo, Silvio, Maurício e Wendel Lomar; Moisés, João Vieira, Wesley (Marcos Paulo), José Aldo e Bustamante; Marcão. Técnico: Rafael Jacques.

Árbitro: Douglas Schwengber da Silva.

Local: estádio Francisco Noveletto.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados