Decisão

Para seguir no caminho da D

Com boa vantagem, Pelotas encara o Cruz Alta para chegar às quartas de final da Copa Seu Verardi

23 de Outubro de 2019 - 12h31 Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Picoli sabe da importância de vencer o Cruz Alta também no jogo da volta (Foto: Jô Folha - DP)

Picoli sabe da importância de vencer o Cruz Alta também no jogo da volta (Foto: Jô Folha - DP)

A partida contra o Cruz Alta não pode ser considerada protocolar, mesmo com o resultado criado no jogo da ida, uma vantagem de 2 a 0 que permite ao Pelotas perder por um gol de diferença para um adversário frágil. O confronto de volta das oitavas de final da Copa Seu Verardi, que ocorre às 20h desta quarta-feira (23) na Boca do Lobo, é fundamental para o Lobo somar pontos visando a vaga na Série D do Brasileiro.

O campeão da Copa Seu Verardi escolhe entre disputar a Copa do Brasil ou a Série D, o vice-campeão fica com a competição que sobra. Porém, caso ambos os finalistas já tenham vaga garantida em uma das competições nacionais (no caso da Série D, a dupla Gre-Nal, Caxias e São José já disputam competições nacionais) as vagas na Copa do Brasil e Série D serão decididas pela classificação geral. Por isso é importante o Lobo vencer o Cruz Alta na noite desta quarta.

Avançando, o áureo-cerúleo irá encarar o vencedor de 12 Horas e São Borja nas quartas de final. O primeiro confronto, disputado em São Leopoldo, acabou empatado por 3 a 3. O jogo de volta será em São Borja. O primeiro jogo das quartas serão disputados domingo na Boca do Lobo e a segunda partida no meio da semana na casa do adversário áureo-cerúleo. Chegando na semifinal o Lobo irá encarar o vencedor de Caxias/Santo Ângelo ou Grêmio e Gaúcho, tendo a vantagem de decidir diante do torcedor.

Campo
Na coletiva pré-jogo, ocorrida na tarde desta terça-feira, o técnico Picoli falou em manter a intensidade. Conceito que descreveu como concentração e fazer o que é planejado para o jogo a todo o momento. O técnico do Lobo denominou como “armadilha” a partida contra o Cruz Alta.

“Esse tipo de jogo são uma armadilha. São os piores. Por isso jogará quem estiver melhor”, disse o comandante.

A ideia de Picoli é manter a mesma equipe que venceu em Cruz Alta. Porém, Mateus Santana acabou não treinando com o grupo na tarde desta terça. O volante apenas correu na volta do gramado e depois fez gelo. Caso não tenha condições, Bruno Ribeiro irá iniciar no meio mantendo o 4-3-3.

Entrada
A direção fez uma mudança na entrada dos torcedores para o confronto contra o Cruz Alta. O portão da Avenida Bento Gonçalves estará fechado. O acesso será realizado pelos portões da rua Gonçalves Chaves e Parque Dom Antônio Zattera.

Quartas
Pelotas ou Cruz Alta x 12 Horas ou São Borja
Caxias ou Santo Ângelo x Grêmio x Gaúcho
Inter ou Real x Bagé ou Lajeadense
Cruzeiro ou Aimoré x São José ou Novo Hamburgo


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados