Velocidade

O Sertão é aqui

Largada oficial do Rally Rota Sul, última etapa do Sertões Series, ocorre na manhã de hoje

05 de Dezembro de 2019 - 20h15 Corrigir A + A -

Por: Henrique Risse
esporte@diariopopular.com.br 

Vila dos Sertões foi montada na Associação Rural de Pelotas. (Foto: Ponto 25 Filmes)

Vila dos Sertões foi montada na Associação Rural de Pelotas. (Foto: Ponto 25 Filmes)

Após uma espera de 15 anos, o Rally Rota Sul está de volta. E a organização do evento escolheu Pelotas para ser o ponto de partida de carros, motos e UTVs que vão disputar esta que é a última etapa do Sertões Series, um braço do tradicional Rally dos Sertões que equivale ao campeonato brasileiro de rally cross-country. A largada da primeira etapa está prevista para as 6h desta sexta-feira (6).

Um grid de 66 máquinas desembarcou na Associação Rural de Pelotas, onde fica a Vila Sertões, zona dos boxes e toda a estrutura do evento. O primeiro trajeto vai até Santa Vitória do Palmar, passando pela Reserva do Taim, com retorno a Pelotas. A chegada será no sábado, em Porto Alegre, depois de 1.100 quilômetros de percurso, sendo 725 quilômetros de trechos cronometrados.

Três campeões do Sertões 2019 estão confirmados para a disputa do Rota Sul. Denísio Nascimento e Idali Bosse nos UTVs e Tunico Maciel nas Motos. A Honda, principal equipe entre as motos, chegou ao Rota Sul com força total. Traz o bicampeão do Sertões Tunico Maciel, e o multicampeão Jean Azevedo.

"Até então só tinha andado em Santa Catarina, a gente tem um rali anual lá em São Joaquim e Lages, e a gente nunca desceu para perto do mar aqui no Sul. Espero uma prova bastante técnica, com muita navegação, uma prova que vai exigir muito do preparo físico, uma prova bem longa. As expectativas são as melhores possíveis. Acredito que a largada seja com vários pilotos juntos, mais uma novidade na competição. Acho muito legal essa preocupação da nova organização do Sertão Series. São novos desafios, novos modelos de provas", comentou Tunico Maciel.

A etapa será muito especial para uma competidora. Natural de Santa Maria, Líbera Costabeber vive a expectativa de competir pela primeira vez no Estado. "Estou muito feliz de receber o rali em casa, aqui no Rio Grande do Sul. E eu estou bem ansiosa, porque só andei aqui na região há 15 anos, em uma expedição entre amigos. Mas tudo mudou, eu mudei, a competição mudou, então estou muito ansiosa para ver o que eu vou encontrar, as paisagens, esse clima maravilhoso de rali. E estar aqui no Sul, estar em casa, é uma ansiedade muito gostosa", disse Líbera. Ela terá na torcida um combustível extra para brigar pelas primeiras colocações. "A família está vindo em peso", brincou.

Outras categorias
Nos UTVs, o duelo tende a reunir os campeões do Sertões Denísio e Idali contra dois representantes da família Varela, O pai Reinaldo, bicampeão mundial, e o filho Gabriel. Segundo os organizadores, a disputa entre os UTVs é sempre a mais equilibrada do rali. O grid dos carros também está repleto de atrações. A principal delas é a maioria de protótipos estilo Buggy com tração 4 x 2.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados