Copa Seu Verardi

O que esperar da Copinha?

Direção do Pelotas avalia nomes anunciados para a disputa da competição, mas evita traçar um paralelo com adversários áureo-cerúleos

14 de Julho de 2019 - 08h05 Corrigir A + A -
Pelotas foi eliminado para o desconhecido Real no ano passado  (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Pelotas foi eliminado para o desconhecido Real no ano passado (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Aos poucos, a Copa Seu Verardi se torna mais familiar aos ouvidos de torcedores, dirigentes e imprensa. Depois de uma semana repleta de novidades no elenco, e de conhecer os primeiros adversários na competição, os áureo-cerúleos passam a fazer as chamadas "contas de cabeça". As perguntas são muitas. Como estará o time? Os outros clubes estão em que patamar? Questionamentos considerados normais em qualquer preparação no que diz respeito ao futebol.

Até agora, o Pelotas anunciou 13 jogadores para a competição do segundo semestre. Um time hipotético já poderia ser escalado, tendo em vista os atletas e suas posição. Se o Lobo entrasse em campo hoje, teria algo parecido com Mateus Claus; Wendel, Negretti, Luis Felipe e Tatto; Thiago Costa, Vacaria, Wallacer, Jean e Jô; Giovane Gomez. Destes, Giovane Gomez e Luis Felipe já possuíam contrato com o clube.

Esse onze incial poderia ainda ter o atacante Tatá, o meia Jean Roberto, o lateral esquerdo Busanello e Andrei, artilheiro da Terceirona Gaúcha pelo Guarany de Bagé. Enquanto o primeiro é uma incógnita por conta da grave lesão sofrida no ano passado, os outros três ainda não foram anunciados oficialmente, embora suas contratações estejam bem encaminhadas.

A formação do grupo está agradando não apenas aos torcedores, empolgados com os nomes conhecidos até aqui. A direção também está confiante com o processo de busca no mercado. "É o momento que o Pelotas tem que crescer com os nomes que a gente contratou. Entendemos que nosso grupo é forte, que tem condições de atingir o objetivo proposto pelo clube", disse o diretor executivo Álvaro Prange, ao ser questionado sobre o nível técnico esperado na Copinha.

Outros clubes também se movimentam para formar os grupos para a competição. O Cruzeiro, adversário do Lobo dentro do Grupo A, publicou em suas redes sociais que estará fazendo um peneirão para aproveitamento de jogadores. A prática não é tão comum dentro do futebol profissional, mas também não pode ser subestimada de acordo com Prange.

"Enxergamos os adversários com muito respeito. Acho que a gente lê algumas matérias como o peneirão no cruzeiro, ou outro tipo de mecanismo que os clubes utilizam pra captar jogadores e temos que entender também que, às vezes, pra completar o plantel numa Copinha, onde a competição serve para conhecer atletas, tudo é válido. Entendo que sobre o peneirão do Cruzeiro, pode sair algum jogador interessante. Acho que qualquer forma de montagem de grupo é possível numa competição como a Copinha", comentou.

Avenida e Gaúcho - que tem elencos formados para a Série D do Brasileiro - e São José - que disputa a Série C - possuem elencos oriundos de uma sequência maior. Logo, são as equipes com maior grau de expectativa. Pela estrutura, a dupla Gre-Nal também, mas não herdam vagas caso estejam na final da competição. Por fora, correm Aimoré e Novo Hamburgo. Cruz Alta, Nova Prata, Santo Ângelo, União Harmonia, Real e 12 Horas são incertezas que, por experiência própria do Lobo, não devem ser subestimadas.

"Resta a nós, nos entendermos enquanto clube. Entender o patamar que o clube quer chegar e antes de mais nada devemos ajustar e modelar a nossa equipe. A partir desse momento, entendendo o que tem que ser feito, a gente consegue analisar o confronto. Temos uma pré-temporada pela frente. Vamos buscar um maior conhecimento dos nossos jogadores de maneira mais profunda e a partir daí sim, podemos analisar o tipo de jogadores e de jogo que os adversários têm. Mas entendo que com o grupo que a gente montou estamos preparados para atingir o objetivo, respeitando todos adversários", concluiu Prange.

A Copa Seu Verardi começa no dia 11 de agosto. A tabela da competição será divulgada na próxima semana pela Federação Gaúcha de Futebol.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados