Gauchão 2019

"O Pelotas tem que ser grande sempre", diz Reinaldo

No primeiro dia de coletiva, Reinaldo Dutra fala em classificar e até brigar pelo título gaúcho

04 de Dezembro de 2018 - 20h00 Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Reinaldo Dutra vê o grupo forte para alcançar objetivos altos no Gauchão (Foto: Tales Leal/ECP)

Reinaldo Dutra vê o grupo forte para alcançar objetivos altos no Gauchão (Foto: Tales Leal/ECP)

Nada do discurso pé no chão que seria o normal em qualquer equipe que chega após um acesso. O volante Reinaldo Dutra, primeiro a conceder entrevista coletiva na pré-temporada que se iniciou na segunda-feira, falou em sonhos mais altos na tarde desta terça-feira (4). A direção e o grupo pensam em classificar e até disputar o título gaúcho.

"O objetivo sempre é chegar entre os melhores, independentemente da competição. Temos jogadores vitoriosos aqui, que subiram várias equipes, que foram campeões em várias equipes. Então, o pensamento do grupo é esse. Pensamos sempre em classificar e brigar pelo título. É o pensamento do grupo e o que a direção passa para nós. É procurar sempre vencer, independentemente do jogo e da competição. Pelotas tem que ser grande sempre", enfatizou Dutra.

Experiente em Gauchão, irá disputar a competição pela sétima vez seguida, Reinaldo afirma que a receita para uma boa campanha é largar forte. Para isso, será necessário encarar uma sequência que não promete ser nada fácil. A estreia será contra o Juventude, no estádio Aldo Dapuzzo, onde o Pelotas irá cumprir a perda de um mando de campo, devido aos incidentes que ocorreram na reta final da Divisão de Acesso. Depois, visita o Internacional no Beira-Rio e retorna para atuar contra São Luiz e São José, na Avenida.

"Sempre que fiz campanha boa, comecei o campeonato bem. Largando bem, no final se almeja a coisas boas. Precisamos aproveitar bem os treinamentos para começar o Gauchão bem, para no final ter a gordurinha para queimar e conseguir nossos objetivos", contou Dutra.

O primeiro contato entre a nova comissão técnica e o elenco áureo-cerúleo foi positivo, segundo Reinaldo. O jogador destacou a experiência de Gavilán como técnico como um facilitador na hora de transmitir aquilo que pensa como futebol. "Foi um contato muito bom. Pelo que vimos, temos um ambiente bom e uma equipe que sabe o que quer. Ele tem uma maneira boa de passar para a gente. O Gavilán, por ser ex-jogador, tem muita coisa para passar para a gente", disse.

Sobre a cobrança da torcida e da direção devido à eliminação na Copa Wianey Carlet, o volante mostrou-se tranquilo com o peso da responsabilidade de vestir a camisa azul e ouro. "Temos a cobrança diariamente, não só da direção, mas temos entre nós no grupo. Sabemos que fizemos uma boa Segunda Divisão e não fomos bem na Copinha. Essa cobrança é natural pelos jogadores experientes e o grupo forte que temos", disse Reinaldo que finalizou afirmando que o grupo aprenderá com a derrota: "Tem que tirar o que fizemos de melhor. Levar aquilo que fizemos e continuar fazendo o de melhor. O segundo semestre serviu de aprendizado. É preciso pensar passo a passo, primeiro classificar e depois pensar em algo mais. Temos que tirar as melhores coisas dessas situações adversas".

Chegada
O zagueiro Ricardo Bierhals se apresentou na manhã desta terça na Boca do Lobo. Com a chegada do polivalente jogador, faltam apenas Giancarlo e Hugo Sanches para completar os atletas que se mantêm do segundo semestre. O centroavante é esperado nesta quarta (5), enquanto o atacante de velocidade ainda não tem previsão para se reapresentar.

Curso
O auxiliar técnico Felipe Endres está no Rio de Janeiro. O profissional foi realizar o curso Licença PRO, da CBF, com os principais treinadores do país. Entre eles, estão o comandante da Seleção Brasileira, Tite, o técnico do Cruzeiro, Mano Menezes e o ex-treinador do Brasil, Dunga.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados