Luto

Morre o jornalista Sérgio Cabral

Com várias décadas de atuação no rádio e no jornal impresso, o profissional de 61 anos construiu uma bela história e conquistou incontáveis amizades no esporte, no samba e em todos os lugares por onde passou

19 de Novembro de 2020 - 23h40 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Eterno: Cabral deixará muita saudade (Foto: Reprodução)

Eterno: Cabral deixará muita saudade (Foto: Reprodução)

Mais uma informação triste e muito difícil de repassar: morreu na noite desta quinta-feira (19), em Pelotas, o jornalista Sérgio Cabral, de 61 anos. Ele foi submetido a uma cirurgia cardíaca, mas faleceu após o procedimento. O velório ocorre das 11h às 14h no Cemitério Ecumênico São Francisco de Paula. 

Cabral atuou por muitos anos no Diário Popular e também por emissoras de rádio de Pelotas. Foi o idealizador do projeto Multiesporte, que por mais de 20 anos premiou atletas profissionais e amadores da cidade, do Estado e também do país, sempre valorizando todas as categorias e oferecendo destaque a modalidades antes invisibilizadas.

Além de um grande profissional, Sérgio Cabral foi também uma unanimidade. Os relatos de despedida dos amigos e admiradores nas redes sociais classificam o jornalista como um grande ser humano, que com seu carisma, generosidade e profissionalismo conquistou a todos, no esporte, no samba e em todos os lugares por onde passou.

Cabral deixa quatro filhos. E mais uma legião de admiradores.

Notícias relacionadas

Propriedade intelectual do Jornal Diário Popular

Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados