Série B

Mercado complicado

Brasil encontra obstáculos e corre contra o tempo para reforçar o elenco para a Série B do Brasileiro

06 de Maio de 2021 - 10h10 Corrigir A + A -
Comissão técnica estaria preocupada com demora nas contratações  (Foto: Carlos Insaurriaga/GEB)

Comissão técnica estaria preocupada com demora nas contratações (Foto: Carlos Insaurriaga/GEB)

O Brasil está com problemas para reforçar o elenco para a Série B do Campeonato Brasileiro. As investidas por jogadores do mercado nacional estão esbarrando em valores e propostas mais atraentes, o que fez com que a direção rubro-negra passasse a observar mais atletas do cenário regional, entre eles, Reinaldo Dutra. No entanto, o mecanismo contratual do Ypiranga resguarda seu elenco com multa rescisória estimada em R$ 150 mil, afastando uma possível contratação no momento. A ausência de novos reforços - apenas Fabrício foi contratado - já preocupa a comissão técnica, que começa a temer pela demora na formação do grupo, fato tão lamentado no Campeonato Gaúcho.

Neste momento, os obstáculos rubro-negros se transformam em três adversários implacáveis no mercado: o tempo, o dinheiro e a concorrência. A busca por reforços, entretanto, está dentro de um novo alinhamento financeiro da gestão Nilton Pinheiro, após herança de dívidas do ex-presidente Ricardo Fonseca - internamente encaradas como “o preço do crescimento”.

Com um limite de gastos estabelecido, o departamento de futebol tem realizado um verdadeiro “pente-fino” no mercado, vasculhando jogadores dentro do modelo de jogo do técnico Cláudio Tencati, que chegou a pedir dez contratações em entrevista coletiva. Na oportunidade, o treinador também frisou que precisaria de três semanas cheias com os novos contratados para chegar com uma equipe pronta para a estreia diante do Londrina, no dia 28 ou 29 deste mês.

Com o tempo acabando, o departamento de futebol se vê pressionado. “O mercado está muito difícil”, disse uma fonte do Bento Freitas. A direção estaria esperando pelo término do Campeonato Paulista, que chega em sua última rodada da primeira fase neste final de semana. Há conversas com atletas que estão disputando o Paulistão, por isso a expectativa é que as negociações se intensifiquem apenas na próxima segunda-feira.

Caprini e a concorrência

O atacante Caprini, que disputou o Gauchão pelo Ypiranga e pertence ao Juventude, é um dos jogadores no cenário estadual que já conversou com a direção rubro-negra. O atleta de 23 anos teria também outras propostas e uma forte concorrência financeira do Vila Nova, de Goiás. O Brasil manifestou o interesse de tê-lo ao departamento de futebol do Alfredo Jaconi. Os alviverdes ainda avaliam o aproveitamento de Caprini no elenco da Série A.

Gabriel Araújo

O lateral-esquerdo, que disputou o Campeonato Gaúcho com o São Luiz, recebeu uma sondagem do Brasil e pode ser mais uma alternativa no mercado regional. Araújo seria o quarto atleta do setor, que já conta com Felipe Saturnino, Arthur e Igor Miranda.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados