Série B

Luiz Henrique pede passagem no ataque xavante

Após dois jogos saindo do banco, atleta de 19 anos apresenta credenciais para brigar pela titularidade no Brasil

13 de Agosto de 2020 - 12h01 Corrigir A + A -

Por: Henrique Risse
esporte@diariopopular.com.br 

Luiz Henrique retornou após dois anos no Internacional. (Foto: Carlos Insaurriaga/GEB)

Luiz Henrique retornou após dois anos no Internacional. (Foto: Carlos Insaurriaga/GEB)

Bastaram pouco mais de 40 minutos em campo nas duas primeiras rodadas da Série B para o atacante Luiz Henrique, de apenas 19, cair nas graças da torcida xavante. Responsável por algumas das principais jogadas ofensivas do Brasil contra Cuiabá e Ponte Preta, o jovem atleta está pedindo passagem na equipe titular.

Na partida de abertura, contra o Cuiabá, ele entrou em campo aos 33 do segundo. Dez minutos depois fez uma grande jogada individual e por pouco não marcou o gol da vitória. Na terça-feira (11), contra a Ponte Preta, não foi diferente. Luiz Henrique foi chamado por Hemerson Maria aos 21 e aos 29 minutos já carimbou a trave do goleiro Ivan.

Ciente do bom momento do atleta, o técnico rubro-negro não quer pular etapas ao lançar o atleta. “Os meninos precisam ser lançados com tranquilidade. A partir do momento que começarem a se firmar, aí sim podem ser efetivados. Então tem que ter muita tranquilidade agora. O Luiz Henrique fez dois jogos, entrou muito bem. A cobrança sobre ele agora vai aumentar e nós vamos prepara-lo para que ele possa ser um atleta que possa ter mais oportunidades e, até mesmo, ser titular da equipe do Brasil mais para frente”, justificou.

O atacante concorda com a avaliação do treinador e promete seguir trabalhando forte para estar pronto quando a oportunidade chegar. “Eu sei que pra mim, que sou novo, fazer bons jogos acaba criando expectativas maiores. Então ele pediu pra manter o foco, manter a cabeça boa, no lugar, trabalhando, que sem dúvida a minha hora vai chegar e eu tenho que estar preparado para as oportunidades (...) Vou estar preparado daqui um tempo, ainda estou amadurecendo, amadureci muito na minha passagem pelo Inter, voltei muito mais preparado. Estou trabalhando na minha forma física, que ainda não estou 100%, e trabalhando cada dia mais para buscar o meu espaço. Quando for a hora certa para eu começar um jogo, vou me entregar assim como venho fazendo no segundo tempo”, analisou Luiz Henrique

Começo
Luiz Henrique surgiu como destaque da base rubro-negra em 2017. Aos 16 anos, já era destaque da equipe sub-20 do Brasil. No ano seguinte, subiu ao grupo profissional com o técnico Clemer e recebeu oportunidades durante o Campeonato Gaúcho. O bom desempenho chamou a atenção do Internacional, que garantiu o seu empréstimo por dois anos. Antes de retornar ao Xavante, conquistou a Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano.

“Feliz demais pela minha volta ao Brasil, algo que já era esperado por mim e pela minha família. Feliz também de estar atuando, acho que fiz três boas atuações. Triste pela derrota no Bra-Pel, mas a gente sabe que vem em uma crescente dentro dos trabalhos com o professor Hemerson Maria. Acredito que fui bem nos jogos, técnica e taticamente,  e mental também. Ainda não cheguei na minha melhor forma física, como até mesmo o professor frisou ontem, mas a gente está em uma crescente e vai buscar grandes coisas no decorrer do ano”, finalizou.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados