Gauchão 2020

Lições em tempo

Capitão da conquista da Copa Seu Verardi, Thiago Costa admite erros diante do Esportivo e necessidade de correção imediata

16 de Janeiro de 2020 - 11h40 Corrigir A + A -
Capitão agora atua como volante na equipe  (Foto: Tales Leal/ECP)

Capitão agora atua como volante na equipe (Foto: Tales Leal/ECP)

Os erros cometidos na derrota para o Esportivo por 1 a 0, naquele que foi o último teste para a temporada que começa neste domingo, às 16h, na Boca do Lobo, quando o Pelotas enfrenta o Grêmio na disputa do título da Recopa Gaúcha, estão bem assimilados pelo grupo áureo-cerúleo. A partir deles, Picoli começa a encaminhar o time titular para o confronto decisivo no fim de semana.

"A derrota em casa nunca é bom, ainda mais antes de campeonato. Ocorreram muitos erros, mas também acertos. Nem tudo é ruim numa derrota e estamos trabalhando em cima disso. Agora é manter essa pegada para chegar no domingo e fazer um bom jogo nessa disputa de título", avaliou o capitão Thiago Costa.

Durante a semana, o técnico Picoli buscou nos treinamentos melhorar os movimentos executados pelo time e também observar suas diferentes variações táticas pensadas para o Campeonato Gaúcho.

"Ele tem um time com bastante variações. Isso é bom, a luta diária para ver quem será titular também é importante para o grupo e o andamento do campeonato. Não tem definições ainda, vamos ver quem vai jogar no domingo. O professor sabe o que faz, então quem sair jogando vai ser o melhor para o Pelotas e para o time no momento", comentou Thiago.

Ainda sobre a derrota para o Esportivo, o líder do vestiário áureo-cerúleo destacou as lições tiradas em campo e que devem servir como sinal de alerta para o elenco. Segundo ele, os jogadores assimilaram um aprendizado importante para as competições que estão chegando.

"O Campeonato Gaúcho é muito difícil. Todo jogo será parecido. Quem errar mais acaba sendo derrotado. Vai ser truncado, com poucas chances, não podemos errar. Em jogo de Gauchão não pode dar brecha, ainda mais em casa. Esse jogo foi um aprendizado. Perdemos na hora que podíamos perder e daqui pra frente não podemos ter mais erros", projetou.

Uma das mudanças em relação ao time do ano passado está relacionada ao próprio capitão. Em 2019, Thiago atuou ao lado de Negretti no miolo da zaga. Em 2020, o jogador retorna a sua posição de origem e atua como o volante que protege mais o sistema defensivo.

"Sempre vou me entregar, dar o máximo. Estava jogando de zagueiro na Copinha, agora estou de volante que é a minha, né? Então, isso que mudou, apenas a posição. O Thiago segue o mesmo, querendo o melhor para o Pelotas", destacou.

Ainda sem saber ao certo que Grêmio o Pelotas irá enfrentar no domingo, os jogos-treino da pré-temporada frente às equipes sub-19 e sub-23 do Tricolor de Porto Alegre serviram como base para a preparação na disputa do título da Recopa.

"É um time que tem muita qualidade, que tem jogadores que mantêm a posse de bola e são velozes na frente. Sabemos da qualidade deles, assim como eles devem saber da nossa. A gente vem trabalhando desde os jogos-treino contra eles, sabendo os erros e também ajudando a acertar os erros que tivemos lá. O professor Picoli vem trabalhando no dia a dia para estarmos prontos no domingo", finalizou.

 

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados