Futebol

Internacional empata em 1 a 1 contra o Santos no Beira-Rio

Luiz Felipe, contra, fez o gol do Colorado e Marcos Leonardo empatou para o Peixe

28 de Novembro de 2021 - 21h19 Corrigir A + A -
Colorado chegou aos 48 pontos e segue na nona posição (Foto: Ricardo Duarte - Inter)

Colorado chegou aos 48 pontos e segue na nona posição (Foto: Ricardo Duarte - Inter)

Em duelo disputado no Beira-Rio, na noite deste domingo (28), Internacional e Santos ficaram no 1 a 1, pela 36ª rodada do Brasileirão. Com o resultado, o Colorado chegou aos 48 pontos e segue na nona posição. Enquanto o Peixe é o 11º colocado, com 46. 

O jogo

O Internacional foi o time que buscou mais o ataque durante todo o primeiro tempo. Tentando uma pressão inicial, a equipe colorada levou perigo com Yuri Alberto e Patrick, antes dos 15 minutos. Na sequência, novamente Yuri teve boa chance e Moisés também apareceu para os gaúchos. Aos poucos, o Santos tentou equilibrar as ações. Mas, já na marca dos 45, Taison arriscou de fora da área, João Paulo fez a defesa parcial e, na tentativa de afastar do perigo, Luiz Felipe mandou contra o próprio alvo e abriu o placar para o Inter. 

Depois do intervalo, o Peixe precisou de apenas um minuto para deixar tudo igual com Marcos Leonardo, que aproveitou uma sobra após cobrança de escanteio e bateu para o fundo das redes. No embalo do gol, a equipe paulista se manteve no ataque. Madson, aos dez, e Ângelo, aos 14, tiveram boas chances, mas Marcelo Lomba apareceu para salvar o Colorado. 

Do outro lado, os donos da casa quase anotaram o segundo em finalizações de Maurício. Na primeira tentativa, o camisa 27 carimbou o poste e na segunda João Paulo fez ótima defesa. Na sequência do lance, Taison pegou o rebote e tocou para Edenílson, que também parou no goleiro santista. Na resposta, o Santos assustou novamente em finalização de Marcos Leonardo. Nos minutos finais, o Inter foi para o tudo ou nada, mas sem efetividade não conseguiu balançar as redes.

Ficha técnica

Internacional: Marcelo Lomba; Saravia (Mercado), Bruno Méndez, Cuesta e Moisés; Johnny (Zé Gabriel), Edenilson, Palacios (Heitor), Taison e Patrick (Maurício); Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre

Santos: João Paulo; Kaiky, Luiz Felipe e Danilo Boza; Madson, Vinicius Zanocelo (Sandry), Felipe Jonathan (Camacho) e Lucas Braga; Gabriel Pirani (Lacava), Ângelo (Sánchez) e Marcos Leonardo (Raniel) Técnico: Fábio Carille

Gols: Luiz Felipe, contra, aos 43 minutos do 1º tempo e Marcos Leonardo, aos dois minutos do 2º tempo

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)

Local: estádio Beira-Rio


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados