Fora de casa

Inter perde por 2 a 0 para o Colo-Colo e se complica na Sul-Americana

Totalmente superado pelos chilenos em Santiago, Colorado agora precisará reverter desvantagem larga no Beira-Rio, na próxima terça (5)

28 de Junho de 2022 - 23h44 Corrigir A + A -
David entrou no lugar de Alan Patrick durante a etapa final, mas, assim como todos os companheiros, não fez boa partida (Foto: Ricardo Duarte - Inter)

David entrou no lugar de Alan Patrick durante a etapa final, mas, assim como todos os companheiros, não fez boa partida (Foto: Ricardo Duarte - Inter)

Ficou difícil a vida do Internacional na Copa Sul-Americana 2022. A derrota desta terça (28) por 2 a 0 para o Colo-Colo, no estádio Monumental de Santiago, no Chile, pelo jogo de ida das oitavas de final, faz com que o Colorado precise vencer por três ou mais gols de diferença na partida de volta, marcada para a próxima terça (5), às 21h30min, no Beira-Rio. Caso a vitória seja por dois gols, a decisão vai aos pênaltis.

E a situação se tornou complicada devido a uma péssima atuação do time de Mano Menezes. Superada desde o começo do confronto, a equipe porto-alegrense não contava com Bustos, De Pena e Wanderson, lesionados. Pedro Henrique até mandou uma bola na trave no início, mas em seguida Lucero, aos 13 minutos, abriu o placar para os mandantes: 1 a 0.

Mano trocou Heitor por Rodrigo Moledo no intervalo, deslocando Mercado da zaga para a lateral-direita. Porém, aos dez minutos Solari driblou os dois e, cara a cara com Daniel, mandou rasteiro, no cantinho, ampliando o placar: 2 a 0.

VAR anula gol de Estêvão

O Inter estava sem forças e não criou nenhuma chance de perigo no segundo tempo até os 42 minutos. Moisés cruzou da esquerda e o garoto Estêvão, que substituiu o discreto Pedro Henrique, bateu de primeira para descontar. Mas a celebração durou pouco.

Por interferência do VAR, houve paralisação de seis minutos e muita tensão. A arbitragem enxergou mão na bola de Edenílson ao interceptar passe no começo do lance, ainda no campo defensivo colorado. A jogada seguiu por alguns segundos até a bola balançar as redes, mas não valeu. Ficou a frustração e a necessidade de buscar uma virada épica no Beira-Rio.

Ficha técnica

Colo-Colo (2): Cortés; Opazo, Falcon, Zaldivia e Suazo; Fuentes (Pizarro), Pavez, Solari (Gutiérrez), Leo Gil e Gabriel Costa; Lucero. Técnico: Gustavo Quinteros.

Internacional (0): Daniel; Heitor (Rodrigo Moledo), Vitão, Mercado e Renê (Moisés); Gabriel (Maurício), Jhonny, Edenílson e Alan Patrick (David); Pedro Henrique (Estêvão) e Alemão. Técnico: Mano Menezes.

Gols: Lucero, aos 13' 1T, e Solari, aos 10' 2T.

Cartões amarelos: Fuentes e Lucero (C); Gabriel e Maurício (I).

Arbitragem: Patricio Lousteau (ARG).

Local: estádio Monumental David Arellano.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados