Brasileirão 2022

Inter fica em vantagem duas vezes mas cede empate ao Corinthians: 2 a 2

Após ótimo primeiro tempo, dominado pelo Colorado, Timão reagiu em segunda etapa marcada por acusação de racismo feita por Edenílson a jogador adversário

14 de Maio de 2022 - 21h11 Corrigir A + A -
Atacante Wanderson marcou o segundo gol colorado nesta noite, antes de Jô empatar (Foto: Ricardo Duarte)

Atacante Wanderson marcou o segundo gol colorado nesta noite, antes de Jô empatar (Foto: Ricardo Duarte)

Em jogo que teve dois tempos distintos, o Internacional empatou por 2 a 2 com o Corinthians, na noite deste sábado (14), no estádio Beira-Rio, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. A etapa inicial foi dominada pelo Colorado, que largou em vantagem com Alan Patrick antes de Raul Gustavo igualar. Wanderson recolocou o time de Mano Menezes na frente, mas o Timão cresceu após o intervalo e voltou a empatar com Jô.

Os porto-alegrenses aumentam a série invicta. Porém, chegam ao quarto empate consecutivo. Estão em oitavo lugar na Série A, com nove pontos, e podem acabar ultrapassados neste domingo, quando a rodada termina. O Inter volta a campo na terça-feira (17), mas pela Copa Sul-Americana, em confronto fundamental diante do Independiente Medellín-COL, às 19h15min, em casa. Pela competição nacional, o próximo compromisso será às 21h de sábado (21), contra o Cuiabá, na Arena Pantanal.

Acusação de racismo vai gerar investigações

O bom jogo foi ofuscado aos 30 minutos do segundo tempo neste sábado. Edenílson paralisou a partida pois disse ter ouvido insulto racista feito pelo lateral-direito Rafael Ramos, português, do Corinthians. As próximas horas e dias devem resultar em maior entendimento a respeito do que realmente aconteceu entre os dois jogadores. Nenhum deles quis se manifestar à imprensa logo após o apito final.

Quem falou foram Jô, centroavante do Timão, e Roberto de Andrade, diretor de futebol do clube de São Paulo. Enquanto o jogador afirmou que a expressão usada pelo companheiro era oriunda do idioma português europeu, o dirigente disse que Ramos teria falado "mano, c***", e não "macaco".

Primeiro tempo do Inter

O primeiro tempo foi muito movimentado. E com claro domínio do Internacional, que finalizou dez vezes ao gol de Cássio. Apesar da superioridade, porém, os visitantes também ameaçaram Daniel. Pela primeira vez tendo uma semana cheia para trabalhar desde a chegada ao Colorado, Mano Menezes colocou Wanderson e David juntos no ataque, criando um setor ofensivo de bastante mobilidade. Deu certo ao longo da etapa inicial.

Logo aos quatro minutos, David recebeu de Wanderson e bateu de canhota, na saída de Cássio, que fez ótima defesa ao abafar. Depois, aos 12, surgiu nova chance clara: Edenílson e Bustos tabelaram dentro da área e o lateral argentino mandou cruzado, forte. A bola tirou tinta do pé da trave corintiana. Em seguida, aos 15, David teria a oportunidade de ficar cara a cara com Cássio, mas errou o domínio.

Antes de abrir o placar, aos 24 minutos, o Inter ainda ameaçou em cabeçada de Mercado para fora. Até que, em jogada que começou de toques curtos diante da pressão adversária, Daniel acionou De Pena livre entre as linhas. O uruguaio conduziu e achou Wanderson pela esquerda. O camisa 11 cruzou rasteiro, Edenílson tentou de letra e Alan Patrick apenas conferiu, na pequena área: 1 a 0.

A resposta do Timão foi imediata. Eram 29 minutos e o Corinthians teve um escanteio gerado após conclusão de Roger Guedes que parou em Daniel. A bola ficou viva na área, Raul Gustavo dividiu com o goleiro colorado e marcou: 1 a 1. Só que antes do intervalo, aproveitando lateral de Bustos para David, o atacante ganhou no corpo e levantou. Alan Patrick testou e Cássio deu rebote. Na pequena área, Wanderson soltou uma bomba e desempatou: 2 a 1.

Segundo tempo do Corinthians

Vítor Pereira mexeu no vestiário e trocou Roger Guedes por Jô. Saiu um jogador móvel e entrou um centroavante de estilo mais fixo na área. E o panorama da partida mudou completamente. Os primeiros 20 minutos da etapa final foram, ao contrário do que vinha acontecendo, todos do Timão.

Logo aos dois minutos, Jô já apareceu. Em cruzamento da esquerda, ele subiu alto e cabeceou para defesa tranquila de Daniel. Depois, aos seis, o camisa 77 testou novamente, desta vez parando em intervenção espetacular do goleiro colorado. Só que o lance não valia, por impedimento. Era a bola aérea, aliás, o caminho dos paulistas. Aos 12, Gil marcou de cabeça após levantamento de Willian em cobrança de falta. Porém, estava adiantado.

O volume ofensivo do Corinthians acabou dando resultado, enfim, com 18 minutos no cronômetro. Gustavo Mantuan recebeu perto da meia-lua e deu uma cavadinha para Jô. Em condição legal, o atacante driblou Daniel e bateu para o gol: 2 a 2. Sentindo o golpe, o Inter precisou de mexidas para igualar, inclusive fisicamente, o duelo. O contrário também ocorreu: o Timão deixou de pressionar tanto e as chances de gol desapareceram na reta final.

Depois da paralisação pelo tema envolvendo Edenílson e Rafael Ramos, as substituições acabaram desconfigurando o grande confronto visto até então. Colorado e Timão ficaram mesmo no 2 a 2. Um ponto para cada lado em um duelo de um tempo para cada lado – e situações sérias a serem esclarecidas.

Ficha técnica

Internacional (2): Daniel; Bustos, Vitão (Moisés), Mercado e Renê; Rodrigo Dourado, Edenílson, De Pena e Alan Patrick (Pedro Henrique); Wanderson (Maurício) e David (Alemão). Técnico: Mano Menezes.

Corinthians (2): Cássio; Rafael Ramos (Gustavo Mosquito), Gil, Raul Gustavo e Bruno Melo; Maycon (Giuliano), Du Queiroz e Renato Augusto (Cantillo); Gustavo Mantuan, Roger Guedes (Jô) e Willian (João Victor). Técnico: Vítor Pereira.

Gols: Alan Patrick, aos 24’ 1T, e Wanderson, aos 43’ 1T (I); Raul Gustavo, aos 29’ 1T, e Jô, aos 18’ 2T (C).

Cartões amarelos: Rodrigo Dourado (I); Maycon e Jô (C).

Arbitragem: Braulio da Silva Machado.

Local: Beira-Rio.

Placar

6ª rodada - Série A do Brasileirão

Sábado (14)

  • Palmeiras 2 x 0 Red Bull Bragantino
  • Ceará 2 x 2 Flamengo
  • Internacional 2 x 2 Corinthians
  • Atlético-MG 2 x 0 Atlético-GO
  • Fluminense x Athletico-PR

Domingo (15)

  • 16h - São Paulo x Cuiabá
  • 17h30min - Coritiba x América-MG
  • 18h - Botafogo x Fortaleza
  • Avaí x Juventude
  • 19h - Goiás x Santos

Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados