Sul-Americana

Grêmio retorna a La Fortaleza para encarar o Lanús

Tricolor reencontra os hermanos nesta quinta, às 21h30min, em palco do tricampeonato da América

29 de Abril de 2021 - 13h34 Corrigir A + A -
Treinador orientou principalmente o trabalho defensivo do time. (Foto: Lucas Uebel - Grêmio)

Treinador orientou principalmente o trabalho defensivo do time. (Foto: Lucas Uebel - Grêmio)

O Grêmio está de volta ao estádio Ciudad de Lanús - Néstor Díaz Pérez, mais conhecido como La Fortaleza. Em 2017, o local foi palco da conquista gremista do tricampeonato da Libertadores, diante do mesmo Lanús, adversário da noite desta quinta (29). Às 21h30min, o time de Tiago Nunes entra em campo buscando a segunda vitória da Copa Sul-Americana, após o 2 a 0 sobre o La Equidad na Arena na primeira rodada. Na oportunidade, a equipe ainda estava sob o comando interino de Thiago Gomes.

Depois da vitória sobre o Ypiranga por 3 a 2 no Gauchão em sua estreia na casamata tricolor, Tiago Nunes comanda pela primeira vez a equipe na Sul-Americana, competição colocada em segundo plano pela direção para a temporada 2021. Mesmo assim, o último treino em Porto Alegre antes do embarque para a Argentina indicou que o Grêmio terá força máxima contra o Lanús.

Dos jogadores considerados titulares, apenas Rodrigues, suspenso, e Alisson, lesionado, não estarão em campo. Pedro Geromel e Ruan são as opções do treinador para o setor defesa, enquanto Léo Pereira deve aparecer no meio-campo.

Tiago Nunes conduziu o treinamento dividindo o elenco em três grupos, com destaque para um formado com os possíveis onze titulares, que estiveram direcionados ao trabalho defensivo, amplamente criticado na reta final da era Renato Portaluppi e que facilitou a vida do Independiente Del Valle na eliminação gremista da Copa Libertadores. O restante do elenco treinou finalizações, cruzamentos e troca de passes com velocidade.
O provável Grêmio deve ter Brenno; Rafinha, Geromel, Ruan e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Matheus Henrique, Léo Pereira, Jean Pyerre e Ferreira; Diego Souza.

O adversário

O Lanús é o atual vice-campeão da Sul-Americana e o adversário mais forte da chave. Os hermanos também estrearam com vitória na competição, após baterem o Arágua, na Venezuela, pelo placar de 1 a 0. No Campeonato Argentino, o time de Luiz Zubeldia soma apenas dois pontos em quatro jogos no Grupo A, o mesmo de Boca Juniors e outras sete equipes.

Um dos destaques da equipe é o veterano Pepe Sand, de incríveis 40 anos. O centroavante foi artilheiro da Libertadores em 2017 e marcou contra o Grêmio na final daquela edição. O provável Lanús tem Morales; José Luis Gómez, Guillermos Burdisso, Alexis Pérez, Aude; Quignon, Belmonte, Esquivel; Pedro De La Vega, Sand e Lautaro Acosta.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados