Série A

Grêmio perde para o Athletico em Curitiba por 4 a 2

Tricolor segue na zona de rebaixamento com 22 pontos

26 de Setembro de 2021 - 21h01 Corrigir A + A -
Douglas Costa retornou de lesão, mas não conseguiu evitar mais uma derrota do Grêmio no Campeonato Brasileiro

Douglas Costa retornou de lesão, mas não conseguiu evitar mais uma derrota do Grêmio no Campeonato Brasileiro

O Grêmio enfrentou o Athletico em Curitba pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro e perdeu por 4 a 2 em uma péssima partida da equipe. Com o resultado, a equipe rubro-negra agora soma 30 pontos e ocupa o nono lugar. O Tricolor Gaúcho, com 22, segue dentro da zona de rebaixamento, na 18ª posição.

O jogo

Após quebrar o jejum de sete jogos sem vitórias e garantir três pontos na rodada passada, o Athletico-PR começou o primeiro tempo diante do Grêmio pressionando. Logo aos cinco minutos, Renato Kayzer desviou cruzamento de Khellven com muito perigo. Depois, na marca dos 30, Pedro Rocha ganhou a disputa com Ruan e bateu cruzado para abrir o placar na Arena da Baixada: 1 a 0. Quinze minutos depois, Nikão cruzou na cabeça de Pedro Rocha, que marcou o segundo dele e do Furacão.

Embalado, o time rubro-negro continuou ofensivo na volta do intervalo. E, ainda aos nove minutos, Renato Kayzer completou cruzamento de Khellven para fazer o terceiro. Procurando espaços, o Grêmio conseguiu descontar aos 13. Vanderson cobrou escanteio, e Thiago Santos testou para o fundo das redes. Mas o Furacão nem deu tempo para os visitantes seguirem reagindo. Aos 15, Khellven deu nova assistência para Renato Kayzer, sem marcação, finalizar sem chances para o goleiro Chapecó: 4 a 1. O Tricolor voltou a diminuir a diferença no placar aos 38, em chute cruzado de Vanderson, e depois o marcador não foi mais alterado.

Ficha técnica

Athletico: Santos; Thiago Heleno (Hernández), José Ivaldo e Lucas Frasson; Khellven (Marcinho), Richard (Christian), Cittadini e Nicolas; Pedro Rocha (Carlos Eduardo), Nikão e Kayser (Bissoli). Técnico: Paulo Autuori

Grêmio: Chapecó; Vanderson, Ruan, Rodrigues e Rafinha; Thiago Santos (Sarará), Villasanti (Darlan) e Lucas Silva (Léo Pereira); Alisson (Douglas Costa), Ferreira e Borja. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira

Local: Arena da Baixada


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados