Gauchão 2020

Governo recua e libera atividades em clubes esportivos

Cidades com bandeira laranja, casos de Porto Alegre e Pelotas, podem realizar treinos físicos em locais abertos e com 25% dos trabalhadores

11 de Maio de 2020 - 08h12 Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Eduardo Leite (PSDB) publicou o novo decreto no início desta segunda-feira (Foto: Gustavo Mansur - Palácio Piratini)

Eduardo Leite (PSDB) publicou o novo decreto no início desta segunda-feira (Foto: Gustavo Mansur - Palácio Piratini)

*Atualizada às 18h19min para acréscimo de informações.

O novo decreto de distanciamento social do Governo do Rio Grande do Sul, publicado na madrugada desta segunda-feira (11), trouxe uma surpresa. Antes anunciado que clubes esportivos só poderiam ter atividades - em local aberto - com 25% dos trabalhadores localizados dentro de uma região de bandeira amarela, agora a flexibilização passou a valer também para a bandeira laranja - classificação na qual se encontram Porto Alegre, onde a dupla Gre-Nal retomou os treinos na última semana, e também Pelotas.

“Na bandeira amarela, estão liberados treinos em clubes esportivos. Não há nada de dupla Gre-Nal ou sequer outro clube de futebol. São clubes esportivos. Na primeira bandeira, amarela, podem ter seus treinos, reunir as pessoas, até os limites que estão (colocados). Na laranja, eles constavam como fechados, mas os clubes que também têm estrutura de ginástica, musculação, poderão atender como academia na bandeira laranja, de maneira individualizada”, explicou o governador Eduardo Leite (PSDB) em coletiva.

Após o pronunciamento do governador no sábado, Grêmio e Internacional, inclusive, cancelaram as reapresentações dos elencos, o que ocorreria pela parte da manhã desta segunda. Porém, após a publicação do decreto, a dupla manteve as atividades na parte da tarde.

Pelotas

Com a liberação de atividades em clubes esportivos na bandeira laranja, todos os 12 times da Série A do Gauchão poderiam voltar aos treinos com as devidas restrições, caso os municípios também autorizem. Em Pelotas, a prefeita Paula Mascarenhas (PSDB) afirmou, na semana passada, que é contrária à retomada dos treinos da dupla Bra-Pel.

Procurada pela editoria de Esportes do Diário Popular, a prefeitura afirmou que “está avaliando detalhadamente o novo decreto do governador Eduardo Leite, e deverá emitir um novo decreto municipal, ainda esta semana, com a decisão sobre os treinos dos times de futebol em Pelotas”.

Reunião

Ocorre às 15h desta terça mais uma reunião entre a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) e os presidentes dos 12 clubes que disputam a Primeira Divisão do Gauchão. Na pauta estão os próximos passos visando o recomeço do estadual. Com as limitações do novo decreto, a FGF observa uma dificuldade enorme para que a competição consiga ser finalizada.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados