Saída

Felipe Guedes rescinde com o Pelotas

Volante abriu mão de todos os valores que tinha a receber do Lobo, inclusive das dívidas relacionadas a 2013, de sua primeira passagem

26 de Junho de 2020 - 18h46 Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Volante jogou todos os minutos do Lobo na temporada (Foto: Tales Leal/ECP)

Volante jogou todos os minutos do Lobo na temporada (Foto: Tales Leal/ECP)

A novela Felipe Guedes terminou. O Pelotas anunciou nesta sexta-feira (26) a rescisão de contrato com o volante. No início do mês, Guedes já havia sido confirmado pelo América de Natal, apesar de estar vinculado ao Lobo e de a direção azul e ouro negar qualquer proposta.

Aos 29 anos, Felipe Guedes deixa o clube apesar de ter assinado contrato até abril de 2021. Foram nove partidas como titular, jogando os 90 minutos, e como capitão da equipe no Gauchão.

O acordo de liberação entre Pelotas e Guedes quita todas as pendências financeiras - inclusive as relacionadas aos valores referentes a 2013, da primeira passagem do jogador pela Boca do Lobo. Ou seja, o atleta abriu mão dos valores para rescindir o contrato.

No mesmo anúncio da liberação de Guedes, o Pelotas confirmou o desligamento do meia Bruno Ribeiro, que estava emprestado ao Marília. O jogador seguirá no time paulista.

Copinha

Na primeira live realizada pela FGF, através do Instagram, o presidente Luciano Hocsman afirmou que dificilmente realizará a copinha. Assim, a vaga na Série D de 2021 seria destinada ao campeão da Divisão de Acesso. Então, caso não conquiste o acesso para a Série C neste ano, ou não fique com uma das vagas da Série D no atual Gauchão, o Lobo não disputaria a competição nacional em 2021. A vaga na Copa do Brasil, também cedida na copinha, deverá ser distribuída no Gauchão.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados