Futebol

Em situação dramática na tabela, Brasil enfrenta o Goiás tentando repetir feito do primeiro turno

No estádio da Serrinha, Xavante tenta manter o bom retrospecto contra o Esmeraldino na Série B

18 de Setembro de 2021 - 10h31 Corrigir A + A -
Gabriel Terra anotou o segundo gol, na virada por 2 a 1 contra o Goiás, em partida que marcou a primeira vitória do Xavante na Série B deste ano (Foto: Carlos Insaurriaga - AI GEB)

Gabriel Terra anotou o segundo gol, na virada por 2 a 1 contra o Goiás, em partida que marcou a primeira vitória do Xavante na Série B deste ano (Foto: Carlos Insaurriaga - AI GEB)

Por: Fernando Rascado
esporte@diariopopular.com.br

A probabilidade do Brasil ser rebaixado no momento é de 95%, mas - mesmo com poucas chances de permanecer na Série B - o Xavante seguirá lutando. Para isso, a vitória neste sábado, às 19h, no estádio da Serrinha, contra o Goiás, é fundamental. O adversário é atualmente o vice-líder, com 42 pontos, tem a melhor defesa do campeonato, com 14 gols sofridos, e ainda é a equipe que menos perdeu, com três derrotas, sendo a última na 14ª rodada. O único fator que favorece o Rubro-Negro é o confronto direto, este muito favorável. Até hoje foram sete jogos entre as equipes, com cinco vitórias do Brasil e dois empates.

No confronto do primeiro turno o Brasil venceu de virada na Baixada, por 2 a 1, com gols de Fabrício e Gabriel Terra. O último confronto em Goiânia também teve vitória xavante. Pela última rodada da Série B de 2018, o Esmeraldino já tinha conquistado o acesso para Série A e recebeu o time comandado por Rogério Zimmermann com o Serra Dourada lotado. Diego Miranda marcou e estragou a festa goiana.

Para o jogo deste sábado, o técnico Cléber Gaúcho deve mudar novamente a equipe. O lateral Oliveira entra no lugar de Vidal, que pertence ao time goiano. Na zaga, Camilo substituirá Ícaro, ainda não liberado após testar positivo para Covid-19. A novidade é a presença de Gabriel Poveda entre os relacionados. O atacante estava afastado dos gramados desde 2020 em função de uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito. Já o atacante Junior Viçosa, sequer viajou.

Por outro lado, o adversário contará com a volta do lateral Apodi, que cumpriu suspensão na última rodada. O artilheiro do Esmeraldino na Série B com seis gols, Alef Manga, se recupera de uma lesão e segue como dúvida. O atacante Welliton teve o seu nome registrado no BID e poderá fazer sua estreia contra o Xavante. O Goiás conseguiu uma liminar no STJD para liberar público já para este sábado. A liberação é para 1500 torcedores. O clube goiano irá priorizar conselheiros, sócios e doadores.

Novo reforço
O Brasil acertou por empréstimo até o fim do ano com o meia Patrick, do Grêmio. O jogador atuou em várias partidas da equipe principal, mas perdeu espaço com o técnico Renato Gaúcho no fim de 2020. Patrick ainda não entrou em campo em 2021 devido a uma lesão no joelho, mas já está recuperado.

Retorno do público
Em reunião do Conselho Técnico da Série B, na sexta-feira, ficou decidido que o público estará liberado para todos os times que tiverem aprovação de seus municípios. Em Pelotas, a prefeitura liberou o público nos estádios. Portanto, a tendência é que o Brasil possa contar com 2.500 torcedores no Bento Freitas, nesta terça-feira, contra o CRB.

Ficha técnica

Goiás: Tadeu, Apodi, David Duarte, Reynaldo, Hugo, Rezende, Caio Vinícius, Diego, Nicolas, Élvis e Alef Manga. Técnico: Marcelo Cabo

Brasil: Matheus Nogueira, Oliveira, Arthur, Camilo, Paulinho, Diego, Romulo, Rildo, Kevin, Netto e Erison. Técnico: Cléber Gaúcho

Árbitro: Diego Lopez

Local: Estádio da Serrinha

Horário: 19h

Transmissão: Sportv


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados