Na pista

Dupla de Pelotas é campeã de rali 4x4

Destaque para o "tio Mário" que aos 71 anos conta com a experiência para lidar com a tecnologia do carro e das provas

03 de Dezembro de 2019 - 13h18 Corrigir A + A -
Mário Costa e Dani Caetano em mais um pódio. (Foto: Divulgação)

Mário Costa e Dani Caetano em mais um pódio. (Foto: Divulgação)

A dupla pelotense, Dani Caetano (piloto) e Mário Costa (navegador) ficou com o título de campeã gaúcha de rali 4x4 em 2019. Com patrocínio dos postos Paulo Moreira e competindo com uma Mitsubishi Pajero TR4-R, a dupla venceu nove das 12 etapas do campeonato. 

O modelo recebeu algumas modificações, principalmente na gaiola (de canos de proteção, soldada ao monobloco do veículo, para dar maior rigidez) para garantir a segurança do piloto e do navegador. "Essa proteção dá uma certa tranquilidade no momento de ler o livro de bordo e fazer contas com o carro, obedecendo a velocidade imposta pela prova. Isso requer uma confiaça muito grande no piloto, que no caso é o Dani, um dos melhor do Estado", confidenciou o “tio Mário”, como é chamado pelos outros pilotos. Para ele, a conquista tem um significado especial. Afinal, não é todo mundo que leva um título radical aos 71 anos. “É uma satisfação muito grande ser campeão gaúcho de rali.

Mário Costa agrace  a Deus por ter saúde para competir, e à sua família, pelo incentivo dado até agora. "O melhor lugar do mundo, é dentro de um abraço (já diz a letra da música), e o segundo melhor lugar, é dentro de um carro de rali". Tio Mário participa de ralis há mais de 50 anos. "Por mais estressante que seja uma prova de rali, eu preciso desta adrenalina, ela entra como remédio”, afirmou.

Tecnoligia e experiência
O navegador conta que os computadores feitos para o rali têm muitos recursos e os mais jovens dominam com facilidade. "Eu não sou dessa geração, por isso conto com a experiência." Ele explica que numa prova, para se ter uma boa pontuação, o ideal  é perder um dígito, por ponto de cronometragem, ou seja, o erro deve ser menor do que um segundo, o tempo todo. Com toda essa responsabiliade Mário Costa diz que está pronto para as competições de 2020. 

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados