Série D

Do meio para frente

Contra o Marcílio Dias, Gabriel Silva precisou aparecer mais no ataque do que na defesa

22 de Setembro de 2020 - 13h15 Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Gabriel apareceu constantemente no ataque do Lobo (Foto: Tales Leal/ECP)

Gabriel apareceu constantemente no ataque do Lobo (Foto: Tales Leal/ECP)

A expulsão de Diego Silva, do Marcílio Dias, logo aos cinco minutos na estreia do Pelotas na Série D do Brasileiro, fez que o zagueiro Gabriel Silva precisasse aparecer mais no campo ofensivo do que na defesa. Circunstância que serviu para o torcedor conhecer o lado técnico do jogador que chegou após o Campeonato Gaúcho.

“Nós trabalhamos esse tipo de posse independentemente do adversário. A construção começa com o goleiro e com os zagueiros. Não foi diferente do que iríamos fazer se fosse 11 contra 11”, relativizou Gabriel.

Apesar da vitória, o zagueiro mantém os pés no chão e aponta que será preciso evoluir na questão ofensiva para a sequência da competição. “Não foi o ideal, mas acho que é passo a passo. Foi uma estreia e tem um nervosismo, o tempo sem jogar. Com os jogos vai melhorar muito”, disse o jogador, que ainda pondera: “a estreia foi um pouco diferente, esperávamos um jogo mais aberto. Pelo fato do Marcílio Dias ter um expulso e recuar a linha, marcaram baixo e a nossa equipe teve um pouco de dificuldade por isso. O importante na estreia foi a vitória e conseguimos os três pontos”.

Após ganhar o domingo de folga, o elenco se reapresentou nesta segunda (22) à tarde na Boca do Lobo e treinou no Parque Lobão. O próximo compromisso será no sábado, às 16h, em São Paulo contra o Novorizontino, que empatou com o Joinville por 1 a 1 fora de casa. O Lobo deverá viajar na quinta-feira para o centro do país.

Para o confronto contra o time paulista, o técnico Ricardo Colbachini deverá contar com Itaqui em melhores condições. Apesar de ter ficado no banco de reservas, o volante acabou sentindo um desconforto e foi poupado na estreia.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados