Série C 2022

Diante do Volta Redonda, Brasil não poderá repetir escalação por conta de lesão de Paulo Victor

Tendência é de manutenção do restante da equipe que venceu o Remo, na rodada passada, para enfrentar os cariocas neste domingo (15), às 18h, fora de casa

12 de Maio de 2022 - 20h08 Corrigir A + A -
Capitão Karl é um dos nove nomes que iniciaram todas as partidas do Rubro-Negro na Série C (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Capitão Karl é um dos nove nomes que iniciaram todas as partidas do Rubro-Negro na Série C (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Se a evolução de uma equipe depende da combinação entre treinamento, ritmo competitivo e bom período de recuperação física, o Brasil tem elementos de sobra para acreditar na melhora contínua dos resultados. Ao longo do último mês, o Xavante jogou apenas uma vez por semana. E de uma partida para outra, o time sofreu no máximo duas modificações – foi na vitória do último sábado (7), por 1 a 0, sobre o Remo, pela quinta rodada da Série C 2022.

Os dados corroboram um discurso que vem sendo dado há semanas no Bento Freitas. Tanto o treinador Jerson Testoni como o vice de futebol Arthur Lannes, além de jogadores como o capitão Karl, enfatizaram, em diferentes ocasiões, a confiança no trabalho do dia a dia. Um exemplo claro é a linha defensiva, que em três das quatro primeiras rodadas foi igual. A comissão técnica optou por uma troca de hierarquia diante dos paraenses: saiu Helerson, até então titular absoluto na temporada, e entrou Gabriel Peres.

Essa modificação, aliás, parece ter chegado para ficar. Após o triunfo sobre o Remo, Testoni disse em entrevista que a tendência era de manutenção dos mesmos 11 iniciais para encarar o Volta Redonda, às 18h deste domingo (15), no estádio Raulino de Oliveira, quando o Xavante tentará dar um novo salto e sair do atual 14º lugar para se aproximar do G-8, grupo de classificados aos quadrangulares finais.

Porém, conforme informação de Marcelo Prestes, da Rádio Universidade, o atacante Paulo Victor sofreu lesão muscular na coxa e ficará um mês afastado.

Espinha dorsal

Nove jogadores foram titulares em todos os jogos do Rubro-Negro na Série C. O goleiro Vitor Luiz, os laterais Marcelinho e Gabriel Araújo, o zagueiro Gilberto Alemão, os volantes Karl e Luiz Meneses, os extremas França e Paulo Victor - este que atuou também como centroavante - e o meia Marllon.

Joanderson, usado na estreia, deixou de ser alternativa, pois saiu do clube rumo ao futebol da Indonésia. E Paulo Victor, no Departamento Médico, forçará a direção a buscar uma nova contratação. A espinha dorsal está claramente formada, e tudo indica que o Brasil seguirá apostando nela até o final da temporada. Mais reforços - pontuais -, ainda assim, não são descartados.

Escalações do Xavante na Série C

  • vs Manaus

Vitor Luiz; Marcelinho, Gilberto Alemão, Helerson e Gabriel Araújo; Karl, Luiz Meneses, França, Marllon e Paulo Victor; Joanderson

  • vs Campinense (1 mudança)

Vitor Luiz; Marcelinho, Gilberto Alemão, Helerson e Rômulo; Karl, Luiz Meneses, França, Marllon e Gabriel Araújo; Paulo Victor

  • vs Botafogo-SP (1 mudança)

Vitor Luiz; Marcelinho, Gilberto Alemão, Helerson e Gabriel Araújo; Karl, Luiz Meneses, França, Marllon e Vini Peixoto; Paulo Victor

  • vs São José (repetição)

Vitor Luiz; Marcelinho, Gilberto Alemão, Helerson e Gabriel Araújo; Karl, Luiz Meneses, França, Marllon e Vini Peixoto; Paulo Victor

  • vs Remo (2 mudanças)

Vitor Luiz; Marcelinho, Gilberto Alemão, Gabriel Peres e Gabriel Araújo; Karl, Luiz Meneses, França, Marllon e Paulo Victor; Júnior Pirambu

Voltaço está em duas competições

Rebaixado à segunda divisão do Campeonato Carioca após fazer apenas seis pontos em 11 partidas, o Volta Redonda contou com o estranho regulamento da federação estadual. O clube já está disputando o chamado Cariocão A-2. Após goleada por 5 a 1 na estreia sobre o Friburguense, a equipe do técnico Rogério Corrêa venceu nesta quinta o Maricá por 2 a 0.

Até aqui, as escalações têm sido mescladas. Na Série C atua uma base de time e, no Estadual, outra. A partir de julho, o Voltaço ainda disputará a Copa Rio.

  • 6ª rodada – Série C

Volta Redonda x Brasil
Domingo (15) – 18h
estádio Raulino de Oliveira

Estado de Raí Duarte segue parecido

O torcedor xavante Raí Duarte, internado desde o dia 1º deste mês em Porto Alegre após agressão de policiais, continua sedado. De acordo com a última atualização, ele está com o intestino funcionando. Porém, devido a um inchaço, a região permanecia aberta. Raí não voltou a apresentar febre e toma antibiótico para prevenir infecções.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados