Turfe

Deep Dream vence preparatória e vira favorito para o GP Princesa 2021

Montado por Henrique de Oliveira, Deep Dream estabeleceu novo recorde para os 1700 metros

03 de Maio de 2021 - 13h27 Corrigir A + A -
Deep Dream tomou a ponta e bateu recorde nos 1.700 metros. (Foto: Álvaro Guimarães)

Deep Dream tomou a ponta e bateu recorde nos 1.700 metros. (Foto: Álvaro Guimarães)

Em uma prova sensacional, que fez espectadores e apostadores segurarem o fôlego até os últimos instantes, Deep Dream da parceria Oitavo Stud/Haras Princesa do Sul, com treinamento de Pedro Oliveira e montado pelo carioca voador Henrique de Oliveira venceu a prova preparatória para o Grande Prêmio Princesa do Sul e bateu o recorde dos 1.700 metros, com o tempo de 108 segundos, dois a menos que a marca estabelecida por Obscéne em outubro do ano passado.

Obscéne montador por Vagner Montes foi o grande adversário do castanho filho de Redattore e Angel Carina durante todo o percurso. Logo depois da largada os dois abriram vantagem para os outros três participantes e se mantiveram cabeça a cabeça até os 500 metros finais, quando Deep Dream começou a abrir vantagem.

"Ele pulou atrasado na partida, mas depois que se firmou, embalou e fomos por fora seguindo o Obscéne o tempo todo, até que na metade da curva o Obscéne deu uma ficada e eu dei uma acelerada. Ele foi ficando para trás, então encostei o Deep Dream na cerca, esperei o máximo que pude e quando vi que os outros começaram a encostar peguei firme e ele seguiu no seu ritmo sem esmorecer, até cruzar o disco", conta H. de Oliveira.

Ao cruzar a linha de chegada seguido por Liberty Corner do Stud Lobão de Pelotas montado por Anthony Renan e com Obscéne em terceiro, Deep Dream mandou um recado claro para quem cobiça a coroa do GP Princesa do Sul 2021: não apenas tem condições de lutar pelo título, como vai brigar por ele até os últimos metros. Agora é esperar o dia 6 de junho, data provável do GP Princesa 2021 e ver o que acontece.

Liderança apertada

Apartados da briga na principal prova do dia, os jóqueis Leonardo Fonseca e Jader Elias da Rosa travaram uma disputa particular nos outros quatro páreos do dia pela liderança do campeonato (estatística) de jóqueis do Jockey Club de Pelotas. Ao final do dia o lourenciano L. Fonseca venceu duas provas e chegou a 13 vitórias na temporada, enquanto o rio-grandino J.E. Rosa venceu um páreo e fechou a tarde com 14 vitórias.

"Apertou, mas vai ficar bom, vou brigar até o final da temporada", avisa o ainda líder. Nenhum dos dois ainda venceu uma estatística em Pelotas.




Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados