Quase certo

Copa do Brasil no horizonte rubro-negro para 2022

Projeção do ranking da CBF torna extremamente provável que o Brasil consiga um lugar na competição no ano que vem. Cotas podem dar fôlego financeiro

18 de Outubro de 2021 - 21h18 Corrigir A + A -
Testoni já iniciou o planejamento da montagem do elenco para a próxima temporada (Foto: Volmer Perez - GEB)

Testoni já iniciou o planejamento da montagem do elenco para a próxima temporada (Foto: Volmer Perez - GEB)

A atual temporada ainda não chegou ao fim, mas o planejamento da próxima já começou. E o Brasil, virtualmente rebaixado à Série C, ao menos vê outra probabilidade ir no caminho contrário. De acordo com uma projeção do próximo Ranking de Clubes da CBF, o Xavante está muito perto de garantir uma vaga na Copa do Brasil 2022.

Segundo o portal @FutMaranhao no Twitter, o Rubro-Negro ocuparia hoje a 34ª colocação do ranking, tabela que dá dez vagas na competição eliminatória. Entretanto, boa parte das equipes posicionadas à frente já assegurou lugar no torneio via campeonato estadual ou nacional. É essa perspectiva, bastante factível, que joga a favor do time da Baixada.

Dos 33 clubes melhor colocados que o Brasil na projeção, 22 já têm vaga confirmada pelos respectivos desempenhos a nível estadual em 2021. O Xavante precisaria que um deles confirme classificação por outros meios, o que é provável. Uma das hipóteses, por exemplo, é que o Red Bull Bragantino vença a final da Sul-Americana contra o Athletico-PR. Ainda assim, os paulistas podem ir à Libertadores ficando entre os oito ou até nove melhores do Brasileirão - atualmente estão em quinto - , o que já serviria ao Xavante.

Outras possibilidades capazes de ajudar o Rubro-Negro envolvem alguns dos principais concorrentes ao título da Série B. Coritiba, Botafogo, Goiás e Vasco lutam pelo acesso e são fortes candidatos a erguer o caneco, por exemplo. Vale lembrar: o campeão da segunda divisão entra direto na terceira fase da Copa do Brasil, abrindo mais um lugar via Ranking da CBF.

Potenciais ameaças

De acordo com a mesma projeção do @FutMaranhao, duas equipes poderiam ultrapassar o Brasil por conta dos resultados até o fim da atual temporada: Operário-PR e Criciúma. 

Enquanto os paranaenses precisam ficar cinco posições acima do Xavante na Série B, o Tigre necessitaria ser um dos seis melhores dos oito que estão nos quadrangulares finais da C. Duas alternativas um tanto quanto plausíveis, visto que o Operário hoje é 15º, exatos cinco postos acima da lanterna, e os catarinenses ocupam o segundo lugar de seu grupo, faltando três rodadas.

A cada possível posição perdida, é claro, o Xavante precisaria que mais um clube à sua frente vá à Libertadores ou entre na terceira fase da Copa do Brasil. Não restam muitas opções viáveis, já que Santos, Bahia e Ceará têm chances extremamente remotas de ficarem no grupo de classificados à maior competição continental.

Vitória e Ponte Preta, que buscam evitar a queda à Série C, além de no mínimo dois entre Coritiba, Vasco e Botafogo, também vão para a Copa do Brasil via ranking, pois não alcançaram a posição necessária nos estaduais - mesmo caso do Rubro-Negro.

Receitas valiosas

A CBF ainda não divulgou as cotas destinadas a cada uma das etapas do seu maior torneio de mata-mata. Porém, é possível traçar uma base a partir dos valores deste ano. Nas duas fases iniciais, há uma divisão dos participantes em três grupos (I, II e III) conforme posição no ranking e divisão. Mantido o padrão, o Brasil ficaria no grupo III, ou seja, o que recebe menos.

Ainda assim, são números relevantes considerando a situação financeira do momento, com dívidas que cresceram ainda mais conforme o último balanço e atrasos salariais que não cessam, sem falar na perda de receitas de televisão devido ao iminente rebaixamento.

Em 2021, times desse escalão ganharam R$ 560 mil para a disputa da primeira fase e R$ 675 mil para a etapa posterior, caso avancem. Da terceira fase em diante, os montantes passam a não ter mais separação, com todos embolsando, a cada vitória na eliminatória, R$ 1,7 milhão, R$ 2,7 milhões (oitavas), R$ 3,45 milhões (quartas), R$ 7,3 milhões (semis), R$ 23 milhões (vice) e R$ 56 milhões (campeão). Segundo informações de Beto Vetromille e Marcelo Prestes, da Rádio Universidade, houve inclusive um pedido de adiantamento dos valores referentes à primeira fase do torneio nacional.

Desde a reformulação das cotas da Copa do Brasil, que se tornaram robustas, a oportunidade em que o Xavante teve melhor desempenho foi 2019. Na ocasião, o time eliminou Gama e Manaus e perdeu na terceira etapa para o Brusque.

Enquanto isso…

Lanterna da Série B com 20 pontos e a 14 de deixar o Z-4 faltando oito rodadas, o time do técnico Jerson Testoni volta a campo no próximo sábado (23), às 16h30min, para enfrentar o Vitória, outro integrante da zona de rebaixamento, no Barradão, em Salvador.

Projeção do Ranking da CBF
Fonte: @FutMaranhao no Twitter

*1. Flamengo
*2. Grêmio
* 3. Palmeiras
* 4. Athletico-PR
*** 5. Santos
* 6. São Paulo
* 7. Atlético-MG
* 8. Inter
* 9. Fluminense
* 10. Corinthians
* 11. Fortaleza
*** 12. Bahia
*** 13. Ceará
* 14. Cruzeiro
* 15. Chapecoense
* 16. América
* 17. Atlético-GO
**** 18. Vasco
**** 19. Botafogo
** 20. Bragantino
* 21. Sport
* 22. Cuiabá
* 23. Juventude
**** 24. Goiás
***** 25. Vitória
**** 26. Coritiba
* 27. Avaí
* 28. CRB
***** 29. Ponte Preta
* 30. CSA
*31. Vila Nova
*32. Sampaio Corrêa
***** 33. Paraná
***** 34. Brasil
***** 35. Criciúma
***** 36. Operário

* Garantido via Estadual
** Quase garantido via Sul-Americana/Brasileirão
*** Altas chances de precisar do ranking
**** Pode ganhar a Série B e eliminar o ranking
***** Precisará do ranking


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados