Gauchão 2019

Continuam as mudanças no futebol

Anderson Sedrez, ex-base do Grêmio, assume preparação física do Pelotas para o Gauchão

05 de Dezembro de 2018 - 19h00 Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Novo preparador físico trabalhou no União Rondonópolis no primeiro semestre deste ano (Foto: Tales Leal/ECP)

Novo preparador físico trabalhou no União Rondonópolis no primeiro semestre deste ano (Foto: Tales Leal/ECP)

As mudanças no Departamento de Futebol do Pelotas não param. Desde terça-feira (4), o Lobo passou a contar com um novo preparador físico principal. Anderson Sedrez, ex-base do Grêmio, onde trabalhou de 2004 a 2012, assume o lugar de Roberto Recart que passa a ser auxiliar de preparação física. Nesta temporada, Sedrez esteve ao lado de Bolívar, no União Rondonópolis. Antes, passou como técnico do sub-17 do Lajeadense, preparador físico do sub-20 no Tubarão e técnico do Palmeirense. Sedrez é formado na UFRGS.

Anderson deu o primeiro treino na tarde da terça-feira e nesta quarta (5) pela manhã comandou mais um trabalho físico. A mudança no comando da preparação física foi uma surpresa. Na apresentação da Comissão Técnica, na última sexta-feira, a direção havia confirmado a manutenção de Recart como o preparador físico no Gauchão. Antes da mudança no Departamento de Futebol, que contou com as saídas de Neca Nunes e Rafael Farias e a chegada do gestor técnico Marcelo Sangaletti, havia a informação de que o novo treinador traria um preparador. Gavilán, porém, chegou ao lado dos auxiliares Felipe Endres e Ricardo Escobar.

Quem acabou se surpreendendo bastante foram os atletas do Lobo. "Todo dia está mudando alguma coisa dentro do clube. Até ontem (terça) pela manhã, estávamos trabalhando com o Roberto e à tarde foi apresentado outro preparador físico. Em algum momento isso deixa a gente um pouco confuso, dentro daquilo que vínhamos acostumados a trabalhar com o Roberto. É um método novo de trabalho e a gente espera que eles venham agregar conosco. Mas está tranquilo, está de boa. Não tendo mais novidade...", afirmou o atacante Cléverson.

A mudança também tem resultado em um trabalho mais puxado fisicamente para os atletas. Serão dez dias ininterruptos de treinos em dois turnos. Na tarde desta terça foram realizados alguns exames e depois um novo trabalho na Boca do Lobo. "Inicia mais uma pré-temporada, por sinal bem cansativa", contou Cléverson, que também ressaltou a importância da manutenção da base para alcançar os objetivos do Lobo no Gauchão. "É importante ter mantido a base. Até que depois da Copinha ficou uma desconfiança. Agora se inicia uma nova etapa, com uma nova comissão, com um novo método de trabalho, diferente daquilo que vínhamos trabalhando. É importante que tenha essa permanência dessa parte dos atletas, para dar suporte aos atletas que vêm chegando. Para que eles tenham uma adaptação rápida".

Retorno
O atacante Giancarlo se reapresentou nesta quarta-feira. O centroavante trabalhou no período da tarde na Boca do Lobo com o restante do elenco.

Amistoso
Pelotas e São José farão amistoso no dia 5 de janeiro na Boca do Lobo. A informação foi confirmada pelo Zequinha, através do Twitter.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados