Série B

Confronto direto

Botafogo-SP e Brasil fecham 10ª rodada da Série B disputando posição intermediária na tabela

21 de Setembro de 2020 - 13h45 Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Gegê treinou durante a semana e pode ser o grande reforço para  a partida desta segunda-feira (Foto: Carlos Insaurriaga/GEB)

Gegê treinou durante a semana e pode ser o grande reforço para a partida desta segunda-feira (Foto: Carlos Insaurriaga/GEB)

Dois pontos separam Botafogo-SP e Brasil que duelam nesta segunda-feira (21), às 20h em São Paulo, para fecharem a 10ª rodada da Série B. Enquanto o mandante é o 16º colocado com oito pontos, o mesmo número de pontos do Guarani - primeiro na zona de rebaixamento - o Xavante é o 13º com dez pontos.

Porém, apesar de estarem próximos na tabela de classificação, o momento do time pelotense e da equipe paulista é bem diferente. O Xavante vem de três jogos sem perder, sendo duas vitórias e um empate. Já o Pantera não vence há cinco partidas, sendo três derrotas e dois empates.

O Xavante ainda tem um jogo a menos em comparação ao adversário paulista. Assim o rubro-negro soma 41,7% de aproveitamento contra apenas 29,6% do Botafogo-SP.

Campo
O técnico Hemerson Maria terá reforços para o confronto desta noite. O volante Sousa, que cumpriu suspensão na última partida, retorna ao time. Outro titular que poderá voltar é Gegê. O meia treinou durante a semana e poderá entrar em campo depois de dois jogos fora.

A dúvida fica na zaga. Leandro Camilo acabou sendo substituído no meio da partida contra o Guarani por um desconforto. Caso não tenha condições, Héverton deverá ser o titular.

Por outro lado, Claudinei Oliveira poderá contar nesta segunda-feira com os reforços contratados na última semana pelo Botafogo: o meia Bady e os atacantes Matheus Alessandro e Judivan.

Em relação a desfalque, o treinador do Pantera não terá Vinícius Bolt, suspenso, e deverá iniciar o confronto com Naldo.

 Ficha técnica
Botafogo-SP: Darley; Jeferson, Robson, Jordan e Gilson; Naldo, Elicarlos e Matheus Anjos; Ronald, Rafinha e Wellington Tanque. Técnico: Claudinei Oliveira
Brasil: Rafael Martins; Rodrigo Ferreira, Lázaro, Héverton e Alex Ruan; Sousa, Bruno Mathias, Danilo, Matheus Oliveira e Gegê; Poveda. Técnico: Hemerson Maria
Árbitro: Leonardo Zanon


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados