Artes marciais

Conexão Pelotas-Portugal em Tóquio

Judoca pelotense Rochele Nunes, 32 anos, estreia nos Jogos Olímpicos representando a equipe portuguesa da arte marcial

29 de Julho de 2021 - 22h21 Corrigir A + A -
Foto: Divulgação - IJF

Foto: Divulgação - IJF

De forma um pouco incomum, Pelotas marca presença também entre os atletas nas Olimpíadas de Tóquio. A judoca Rochele Nunes, 32 anos, nascida na cidade, acabou se naturalizando portuguesa e disputa nesta madrugada de sexta-feira (30) sua primeira luta nos Jogos, na categoria acima de 78 kg.

Cria do bairro Navegantes, Rochele se mudou com a família ainda muito cedo para a região metropolitana. Foi onde iniciou carreira no judô. De 2008 a 2018, vestiu as cores da Sogipa, de Porto Alegre. Então, há cerca de três anos, aceitou proposta do Benfica, de Portugal, e partiu rumo a um desafio que mudou ainda mais sua trajetória no esporte.

A pelotense logo se sagrou campeã nacional no país europeu, e em seguida concluiu o processo de naturalização para representar a seleção portuguesa em torneios internacionais. Troféus não eram novidade, já que Rochele havia conquistado, ainda pelo Brasil, os Opens de Lima, Buenos Aires e Santiago e um Sul-Brasileiro.

Em outubro do ano passado, a judoca fechou participação no Grand Slam de Budepeste, na Hungria, em quinto lugar. Agora a jornada olímpica, enfrentando nos 16 avos de final a portorriquenha Melissa Mojica.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados