Gauchão 2020

Como um volante

Thiago Costa fala sobre preparação para o Gauchão e seu aproveitamento como homem de meio-campo

20 de Dezembro de 2019 - 12h00 Corrigir A + A -
 (Foto: Tales Leal/ECP)

(Foto: Tales Leal/ECP)

O Pelotas segue aprimorando a parte física para deixar o elenco condicionado para a temporada 2020. Com um duelo importante diante do Grêmio, na disputa da Recopa Gaúcha, o Lobo espera chegar para o compromisso pronto. Nos primeiros treinos com bola, Picoli sinalizou que Thiago Costa, zagueiro durante a maior parte da Copinha, será aproveitado como volante e, ao que tudo indica, deve ser um jogador-chave para o modelo de jogo pensado.

"Não teve muito trabalho aberto ainda. Eu vou jogar onde o professor achar que eu tenho que jogar. O que ele vem passando pra mim é me utilizar como volante no Gauchão, até porque eu sou volante de origem, mas se pintar jogar na zaga, vou ajudar o Pelotas da melhor maneira", comentou Thiago.

No próximo domingo, às 11h, o elenco áureo-cerúleo fará a primeira movimentação para testar a equipe que começa a ser idealizada pela comissão técnica. O adversário será o sub-20 do Grêmio, em jogo-treino a ser realizado no CT Hélio Dourado, em El Dourado do Sul.

"A prioridade é o físico, ritmo de jogo, e o jogo-treino será para isso. Estamos um pouco travados, por conta da pré-temporada, mas vamos procurar fazer um bom jogo, voltar de lá com a vitória e já ir adequando a equipe para o Gauchão e a Recopa no dia 19 (de janeiro) contra o Grêmio", projetou.

Embora a ideia central seja adquirir ritmo e dar minutagem para o máximo possível de atletas, é esperado que a escalação inicial seja a mais próxima da base campeã da Copa Seu Verardi. Com Thiago Costa no meio, a possibilidade de um tripé com Wallacer e Mateus Santana aumenta. Felipe Chaves deve aparecer na zaga ao lado de Negretti. Hugo Almeida entraria na vaga de Giovane Gomez, que foi para o Remo. O goleiro Douglas Silva e o atacante Hugo Sanches brigam com Mateus Claus e Jô por uma vaga na equipe. Jean Malheiros e Busanello largam na frente nas laterais.

"A vantagem é o entrosamento. Estão chegando mais peças também que vão entrar na mesma batida do grupo. Quem tiver melhor no momento, vai atuar. Não importa quem jogou melhor a Copinha. O professor vai saber quem é o melhor para sair jogando. Essa união, essa confiança, o entrosamento que vem da Copinha, nos deixa na frente de outras equipes, sim", destacou o capitão.

Prevenção pioneira
Nos últimos dois dias, o elenco áureo-cerúleo esteve submetido a testes de prevenção de lesões na Clínica Dr. André Guerreiro. O trabalho, desempenhado pela equipe multidisciplinar do médico pelotense e da Seleção Brasileira de atletismo, André Guerreiro, é considerado um dos mais modernos do país.

"Estamos fazendo avaliações isocinéticas, avaliação muscular e propondo um trabalho de prevenção de lesão. É a primeira vez que um clube de futebol do Rio Grande do Sul realiza uma avaliação tão especializada assim. Nem Grêmio, nem Internacional, têm esse aparelho", comentou Guerreiro. O aparelho é o mesmo usado no Barcelona, da Espanha, que tem um dos melhores departamentos médicos do mundo.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados