Série B

Com a logística a favor

Brasil querer tirar proveito de desgaste do Oeste, adversário pela terceira rodada da Série B

14 de Agosto de 2020 - 12h42 Corrigir A + A -

Por: Henrique Risse
esporte@diariopopular.com.br 

Bruno Matias (E) foi titular nas duas primeiras rodadas. (Foto: Carlos Insaurriaga/GEB)

Bruno Matias (E) foi titular nas duas primeiras rodadas. (Foto: Carlos Insaurriaga/GEB)

Depois de empatar com a Ponte Preta na última terça-feira (11), o Grêmio Esportivo Brasil iniciou a preparação para enfrentar o Oeste, em duelo válido pela terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. E desta vez a logística, inimiga do clube na competição, tem tudo para favorecer o rubro-negro no confronto deste sábado (15), às 16h30min, no estádio Bento Freitas.

Na teoria, o Xavante terá pela frente um adversário mais desgastado. Além de ter jogado na quarta-feira - quando perdeu por 1 a 0 para o CRB - o time paulista vai encarar uma longa viagem de Maceió, em Alagoas, até Pelotas. “A gente sabe que a logística do Brasil, quanto a viagens, é bem difícil. Mas também é muito difícil para os outros times virem até aqui, então temos que tirar proveito dessa situação. Depois do Oeste o nosso jogo é em Maceió, que é muito longe. Nessas oportunidades dentro de casa temos que fazer valer o mando de campo”, afirmou o volante Bruno Matias.

Outo fator que pode ser determinante na busca pela primeira vitória na competição é o crescimento da equipe. Segundo Bruno, o grupo tem evoluído muito no dia a dia. “A gente está tendo uma evolução muito grande. Foram dois jogos e já tivemos essa evolução. A gente sabe que a Série B é um campeonato muito equilibrado. Tivemos chances de conseguir a vitória nos dois jogos. O Luiz (Henrique) teve um lance muito importante contra o Cuiabá. Mas a gente acredita que a vitória está para acontecer. Infelizmente ainda não vencemos, mas o grupo tem evoluído em todos os sentidos”, analisou.

Começo promissor
Mesmo com apenas 21 anos, Bruno Matias sabe bem o tamanho da responsabilidade de defender o Brasil na Série B. Recém chegado ao clube, o atleta ganhou a confiança do técnico Hemerson Maria nos treinos e foi titular nas duas primeiras rodadas. Para ele, esse é apenas o começo.

“É um prazer estar vestindo a camisa do Xavante, é uma oportunidade que muitas pessoas queriam e eu estou podendo ter esse privilégio de estar vestindo essa camisa de tanta tradição e de tanto peso. Logo na minha chegada tive a oportunidade de jogar dois jogos como titular e isso para um jogador jovem como eu é muito bom. É o primeiro passo de algo muito grande, primeiramente para a minha carreira. E esse ano ano a gente quer alcançar coisas grandes aqui no Brasil. A gente sabe do que o nosso clube, o nosso grupo e a nossa comissão técnica tem capacidade. Então a gente pretende ter voos altos nessa Série B”, finalizou.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados