Série B

Chegaram e jogaram

Apresentados, Murilo Rangel e Juba falam da oportunidade de iniciar o primeiro teste como titulares

15 de Abril de 2019 - 17h47 Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Murilo (E) e Juba vestiram pela primeira vez o manto rubro-negro  (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Murilo (E) e Juba vestiram pela primeira vez o manto rubro-negro (Foto: Carlos Queiroz - DP)

O Brasil apresentou, na tarde desta segunda-feira (15), no Bento Freitas, os primeiros reforços para a Série B. O meia Murilo Rangel e o atacante Juba vestiram a camisa de jogo xavante pela primeira vez, apesar de terem atuado com a de treinamentos no jogo-treino contra o São José no sábado. O detalhe, é que mesmo chegando no início da semana passada, ambos já foram titulares contra o Zequinha.

Juba atuou pela ponta da linha ofensiva rubro-negra. O atacante de 34 anos, diz estar adaptado à função, na qual vinha atuando nas últimas temporadas, e que se sente à vontade também para atuar por dentro. Só ressalta que nunca jogou como centroavante. "Tive uma conversa com o Rogério e ele me perguntou onde eu jogaria. Sem problemas, joguei pelos lados e por dentro também. Não fiz o 9, o centroavante que fica parado. Venho para ajudar", disse o atacante que chegou elogiando o ambiente na Baixada. "O grupo é muito bom. Um dos melhores que peguei para receber o atleta. Parece que estou aqui há mais tempo. O jogo-treino foi bom para conhecer os jogadores, pegar o esquema do professor mais rápido possível".

Assim como Juba, Murilo Rangel teve a chance de sair entre os titulares no Passo D'Areia, no último sábado. O jogador de 27 anos, que veio do Central, terá a responsabilidade de ser o camisa 10 rubro-negro. Foi nessa posição que atuou com Rogério Zimmermann no Joinville, no ano passado, e é onde se sente melhor em campo. "Trabalhei com o Rogério nessa função ano passado, de armador. Mas posso fazer essa função de 10, mas também um passo atrás, mais armador vindo de trás. Rogério sabe das minhas características. Tenho como características a bola parada, uma boa visão de jogo, o último passe e o chute de média e longa distância", comentou.

Juba iniciou na vaga que provavelmente seria de Bruno Paulo, que não viajou por estar entregue ao Departamento Médico. Já Murilo Rangel, largou em vantagem na disputa de posição com o ídolo rubro-negro Diogo Oliveira. Rangel comentou essa disputa pela posição com o maestro rubro-negro. "Não venho para brigar por posição com ninguém, venho para fazer o melhor para o Brasil. Respeito o Diogo Oliveira pela história no clube, estou aqui para ajudar o grupo e ele também para fazer o melhor para o Brasil", disse o meia.

Mais dois
A tendência é de que nesta terça a direção xavante apresente os outros dois reforços contratados para a competição nacional. O lateral Ednei e meia Marcinho fizeram exames médicos nesta segunda. A direção rubro-negra trabalha para acertar com um centroavante o mais rápido possível. Um segundo volante também está encaminhado e deve chegar nos próximos dias na Baixada.

 

 

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados