Série D

Chave virada

Em reapresentação, Pelotas esquece jogo contra o Tubarão e promete recuperação no sábado

23 de Outubro de 2020 - 09h14 Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Fábio Alemão assumiu com naturalidade a posição de titular na defesa do Pelotas (Foto: Tales Leal/ECP)

Fábio Alemão assumiu com naturalidade a posição de titular na defesa do Pelotas (Foto: Tales Leal/ECP)

Sem tempo para descansar e treinar, o Pelotas trabalha a parte mental para conseguir a recuperação na Série D do Brasileiro. Após empatar com o Tubarão nas duas últimas rodadas, o Lobo mira uma vitória diante do São Caetano neste sábado (24) às 18h00min no Anacleto Campanella pela 9ª rodada do grupo 8.

“O elenco reagiu de forma que a gente espera. Não foi um resultado que nos buscamos durante a semana, estamos todos tristes, mas vamos tentar retomar já diante do São Caetano. É um bom momento para dar resposta à torcida e a nos mesmos”, analisou o zagueiro Fábio Alemão.

Para Alemão o ponto principal para conseguir voltar de São Paulo com os três pontos e fortalecido dentro do G-4, é jogar confiante.

“Principalmente retomarmos a confiança, o jogo desta quarta-feira (23) não foi como esperávamos. Ainda bem que já temos outro jogo no sábado para que a gente possa dar uma nova resposta e mostrar um novo momento da equipe”, afirmou o defensor.

O zagueiro marcou diante do Tubarão o primeiro gol com a camisa do Pelotas. Alemão acabou assumindo a titularidade após a lesão de Gabriel Silva e tem demonstrado uma evolução constante. Inclusive foi mantido no time apesar do técnico Ricardo Colbachini ter optado por dar oportunidade para Felipe Chaves, sacando o até então titular em todos os jogos, Mateus Santana.

Treino
O Lobo trabalhou na tarde desta quinta na Boca do Lobo e às 6h da manhã dessa sexta-feira (23) já partiu para São Paulo. Colbachini terá o retorno de Itaqui para a partida contra o Azulão. O time paulista acabou perdendo por 2 a 1 para o Joinville e caiu para a lanterna da chave.

Durante a semana os atletas que foram campeões da Série A2 do Paulistão pelo São Caetano protestaram em relação os salários atrasados e decidiram não enfrentar o Joinville. São quatro meses de salários e cinco de direitos de imagens em atraso. Assim o Azulão tem atuado com atletas recém contratados e garotos da base. Deve ser essa equipe que encara o Lobo amanhã.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados