Aguardo

Caso Rai: inquérito da BM segue em andamento

Investigação aberta no início de maio deve ser concluída em breve. Torcedor apresenta quadro estável, mas ainda não pode prestar depoimento

20 de Junho de 2022 - 18h57 Corrigir A + A -
Rai já consegue se comunicar e chegou a mandar um áudio de boa tarde à reportagem do DP nesta segunda-feira (Foto: Arquivo pessoal)

Rai já consegue se comunicar e chegou a mandar um áudio de boa tarde à reportagem do DP nesta segunda-feira (Foto: Arquivo pessoal)

Ainda não foi finalizado o relatório da Brigada Militar sobre a ação de alguns militares do 11º BPM, de Porto Alegre, em 1º de maio, com torcedores do Grêmio Esportivo Brasil. A expectativa era de que o inquérito pudesse ser concluído no mês de junho. Segundo o corregedor-geral da BM, tenente-coronel Vladimir Luís Silva da Rosa, disse ao Diário Popular nesta segunda (20), falta um depoimento de Rai Duarte, torcedor xavante internado no Hospital Cristo Redentor.

Porém, novamente conforme o corregedor, Rai não apresenta condições clínicas de prestar a oitiva, considerada necessária para o andamento da investigação. Até o momento, os demais torcedores xavantes que presenciaram a abordagem dos militares e também foram vítimas de agressões já estiveram na sede do Ministério Público, em Pelotas, para acrescentar novas provas ao processo.

O advogado Rafael Martinelli, um dos representantes do Grêmio Esportivo Brasil e das vítimas no caso, afirma que o relatório final deve estar próximo. Ao DP, Martinelli disse estar analisando os depoimentos dos policiais envolvidos na ação realizada após o empate por 1 a 1 do Rubro-Negro com o São José, pela quarta rodada da Série C, no estádio Francisco Noveletto.

Rai segue estável

Após deixar a UTI na semana passada, Rai Duarte está em um quarto, em situação estável durante os últimos dias. Não há previsão de alta. Segundo a mãe, Marta, a recuperação será lenta e uma nova cirurgia poderia ser realizada apenas daqui a "três ou quatro meses". Conforme ela, o filho consegue se comunicar de forma satisfatória.

Em áudio enviado na tarde desta segunda (20) por Marta à reportagem, Rai deseja uma boa tarde, ainda com certo esforço, mas mostrando a força de vontade que o mantém firme há 50 dias.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados