Série B

Brasil perde para o São Bento

Livre do fantasma do rebaixamento, Xavante leva 3 a 1 fora de casa

17 de Novembro de 2019 - 18h30 Corrigir A + A -

Por: Henrique Risse
esporte@diariopopular.com.br 

Xavante perde em Sorocaba. (Foto: Neto Bonvino / Bento TV)

Xavante perde em Sorocaba. (Foto: Neto Bonvino / Bento TV)

Graças ao empate entre Londrina e Botafogo-SP no sábado (16), o Brasil entrou em campo neste domingo (17), para enfrentar o São Bento, livre de qualquer possibilidade de rebaixamento para a Série C. O time do técnico Bolívar até saiu na frente, mas sofreu o empate logo na sequência e acabou derrotado por 3 a 1, no estádio Walter Ribeiro.

Com a derrota, o Xavante fecha a 36ª rodada no 13º lugar na Série B do Campeonato Brasileiro com 43 pontos. A equipe do técnico Bolívar ainda tem dois compromissos antes do final da competição. Na próxima quinta-feira (21), o rubro-negro recebe o Atlético-GO, no estádio Bento Freitas. A última partida, contra a Ponte Preta, em Campinas, está marcada para o sábado, dia 30. Mas já existe um acordo entre as duas direções para que o jogo seja antecipado para à quinta-feira, dia 28.

Depois de um primeiro tempo sonolento, as duas equipes acordaram na volta do vestiário e protagonizaram um jogo com muitos gols. O Brasil abriu o placar aos 13 minutos. Ari Moura puxou contra-ataque pelo meio e lançou para Guilherme Queiroz. O centroavante recebeu livre, driblou o goleiro e colocou no fundo do gol. Este foi o quarto gol de Queiroz, artilheiro xavante na Série B.

Mas a alegria durou pouco. Em, precisamente, dois minutos, Paulo Boia roubou a bola no meio e serviu Zé Roberto, que bateu de primeira para vencer Carlos Eduardo. A virada veio em um lance infeliz de Heverton. Aos 28 minutos, Mansur cruzou da esquerda, o zagueiro tentou afastar e acabou marcando contra: 2 a 1.

Para tentar buscar pelo menos o empate, o técnico Bolívar colocou o meia Diogo Oliveira no lugar de Leandro Leite. Mas antes mesmo de notar qualquer mudança, o São Bento marcou o terceiro. Após boa tabela pela direita, Rodolfo toca na medida para Marcos Martins decretar o 3 a 1 aos 29 minutos de partida.

Autor do gol contra que colocou o São Bento na frente do placar, o zagueiro Heverton lamentou a falta de concentração da equipe. "Foi uma infelicidade (o gol contra). Tomamos o gol de empate muito rápido e, no ímpeto de tentar fazer o segundo gol, demos espaço. Aí tomamos outros gols no descuido, mas vamos melhorar para o próximo jogo."


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados