Série B

Brasil perde para a Ponte Preta por 1 a 0 com gol no fim

Xavante suportou a pressão da equipe de Campinas até que João Veras decretou mais uma derrota aos 44 minutos

26 de Setembro de 2021 - 20h31 Corrigir A + A -
Brasil segue em situação dramática na tabela com apenas 16 pontos em 26 jogos (Foto: PontePress/ÁlvaroJr)

Brasil segue em situação dramática na tabela com apenas 16 pontos em 26 jogos (Foto: PontePress/ÁlvaroJr)

Por: Fernando Rascado
esporte@diariopopular.com.br

O Brasil enfrentou a Ponte Preta, neste domingo (26), no estádio Moisés Lucarelli, pela 26ª rodada e perdeu por 1 a 0, com gol no fim de João Veras. Com mais uma derrota, o Rubro-Negro segue na lanterna com 16 pontos, 11 atrás do Londrina primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Brasil recebe o Brusque, no estádio Bento Freitas, na quarta-feira, às 19h.

O jogo

A Ponte Preta começou tomando conta da partida. Logo aos dois minutos, Alan Dias perdeu a bola para Marcos Júnior e o volante soltou a bomba, a bola desviou e saiu para escanteio. Aos nove, Fessin aproveitou rebote de escanteio e cruzou na cabeça de João Veras, que mandou para o fundo do gol, mas o VAR assinalou impedimento de Fessin.

A pressão seguia sendo dos donos da casa. Aos 14 minutos, em cobrança de falta, Moisés cobrou na trave e no rebote, a bola sobrou para João Veras, que chutou por cima do gol. O jogo aos poucos foi ficando arrastado, com poucos lances de emoção. Somente aos 40 que a Macaca voltou a levar perigo. Em cobrança de falta, o goleiro Marcelo espalmou e no rebote Lucas Cândido mandou uma bomba no travessão.

O Xavante só conseguiu chegar com força aos 45 minutos. Vidal arriscou de longe, o goleiro Ivan espalmou e Erison cabeceou no rebote para fora.

Segundo tempo

A etapa final começou da mesma forma do primeiro tempo, com pressão da Ponte. Logo aos três minutos, em cobrança de escanteio, a bola sobrou para Richard, que chutou na rede pelo lado de fora. 

A pressão do time da casa só aumentava. Aos 11 minutos, em cobrança de Rafael Santos, Cleylton mandou de cabeça e Marcelo fez um milagre. Aos 14, a equipe paulista voltou a marcar, mas novamente o VAR anulou, assinalando impedimento. 

Na reta final de jogo, o Brasil parecia que ia segurar o 0 a 0, mas aos 44 minutos, Rafael Santos cruzou e João Veras finalizou de perna direita, a bola ainda bateu na trave antes de entrar, definindo mais uma derrota Xavante. 

Ficha técnica

Ponte Preta: Ivan, Felipe Albuquerque, Cleylton, Rayan, Rafael Santos, Lucas Cândido (Thalles), Marcos Júnior, Fessin (Camilo), Richard (Niltinho), Moisés (Marcelo Hermes) e João Veras (Léo Naldi). Técnico: Gilson Kleina.

Brasil: Marcelo, Vidal, Arthur, Ícaro, Kevin, Alan Dias (Gabriel Poveda), Wesley (Romulo), Renatinho (Heverton), Rildo (Netto), Caio Rangel (Gabriel Terra) e Erison. Técnico: Cirilo (interino)

Gol: João Veras (PON)

Cartões amarelos: Wesley (BRA), Erison (BRA), Gabriel Terra (BRA)

Arbitragem: Paulo Roberto Alves Junior

Local: Moisés Lucarelli


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados