Vai ou fica?

Brasil enfrenta forte concorrência pela renovação de Erison

Emprestado pelo XV de Piracicaba, artilheiro xavante na temporada desperta olhares do exterior

20 de Outubro de 2021 - 21h34 Corrigir A + A -
Camisa 9 marcou seis gols em 11 jogos pelo Rubro-Negro (Foto: Volmer Perez - GEB)

Camisa 9 marcou seis gols em 11 jogos pelo Rubro-Negro (Foto: Volmer Perez - GEB)

Não tem jeito. O bom desempenho em um campeonato de grande relevância nacional como a Série B desperta olhares de muitos lugares. Em meio à péssima temporada do Brasil, Erison se destacou com seis gols em 11 jogos desde sua chegada, no final de agosto. Agora, enquanto planeja a formação do grupo para a próxima temporada, a direção rubro-negra sofre com a concorrência para renovar o contrato do centroavante.

Emprestado pelo XV de Piracicaba-SP, o camisa 9 virou titular da equipe na partida contra o Remo, quando marcou pela primeira vez e se firmou. Sondagens de fora do país já chegaram ao empresário do atleta de 22 anos. Segundo o coordenador de futebol xavante, Hélio Vieira, em entrevista concedida nesta quarta (20) à Rádio Universidade, o clube não tem chances de chegar ao mesmo patamar financeiro do exterior.

Por outro lado, a prioridade do staff de Erison seria, a princípio, continuar no Bento Freitas caso a negociação citada não se concretize. Mas ainda restam oito jogos na atual Série B e, até lá, a valorização pode atrair novos interessados.

Olho em 2022

O Xavante volta a campo neste sábado (23), às 16h30min, para enfrentar o Vitória, no Barradão, em Salvador. Suspenso, o zagueiro Ícaro desfalca o time de Jerson Testoni. Internamente, a direção já pensa em 2022 dadas as altas chances de rebaixamento à Série C. Conforme Hélio, a ideia é que a reapresentação do elenco aconteça no dia 15 de dezembro.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados