Turfe

Azarão vence o Princesinha e derruba apostadores

Lampião do Cerrado venceu a segunda prova mais importante da temporada na Tablada

05 de Agosto de 2018 - 20h30 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Lampião do Cerrado foi o grande vencedor (Foto: Álvaro Guimarães - AI Jockey Club)

Lampião do Cerrado foi o grande vencedor (Foto: Álvaro Guimarães - AI Jockey Club)

Em um páreo recheado de favoritos foi um azarão que fez a festa no aniversário do Jockey Club de Pelotas. O garanhão de cinco anos pertencente a Aline dos Santos Garcia e montado por Ariel Farias, 20, levou o Grande Prêmio Princesinha 2018, superando craques como Let Me Free, Bolt da Lagoa, Raçador e Big Stick. O volume total de apostas neste domingo (5) foi de R$ 54.299,00.

Já na largada, Let Me Free e Bolt da Lagoa que largaram, respectivamente, nas balizas 5 e 6 cortaram para dentro e se chocaram, perdendo tempo, enquanto Lampião do Cerrado, Big Stick e Raçador, que largaram por fora, saíram em vantagem. Big Stick, montado por Cenoir Macedo, e Bolt da Lagoa, com Éber Gomes, tomaram a ponta, tendo Raçador conduzido por Bárbara Melo, em terceiro. Em quinto lugar, Lampião do Cerrado tomou a cerca e foi passando todos, menos Big Stick. Faltando 400 metros, A. Farias levou seu cavalo para o centro da pista e abriu uma vantagem de dois corpos até a vitória fácil. "Quando cheguei no ponteiro nos 400 metros olhei para trás, não vi ninguém, saí tirando e ganhei o GP", contou A. Farias.

Se por um lado a vitória do azarão fez a alegria de uns poucos apostadores ao pagar 12 por um, por outro derrubou todos que ainda brigavam pelo prêmio de R$ 10 mil da Tríplice Dupla acumulada. "A dupla Lampião e Quentão (em segundo) era a mais improvável do páreo e tirou todo mundo da disputa", comenta o presidente do Jockey Club de Pelotas, Clodoaldo Lima.

Campeonato de jóqueis
Ao vencer a prova especial Eduardo Spanier Abreu - em homenagem ao ex-presidente do clube - montando Energia Indigo, o jóquei porto-alegrense C. Macedo se isolou na liderança do campeonato de jóqueis com quatro vitórias. Em segundo, aparecem Gladimir Ferreira, que venceu o primeiro páreo montando Pagode, com duas vitórias, e A. Farias, que além do GP, venceu o último páreo montando Gambini. O outro vencedor da tarde foi Darlan Medina, que ganhou o segundo páreo com Brigadeiro Alado.

Público
Desde o GP Princesa do Sul, realizado em abril, o hipódromo da Tablada não recebia tanta gente para um evento de corridas. De acordo com a Brigada Militar, aproximadamente três mil pessoas assistiram ao festival de corridas dos 88 anos do Jockey Club.

As arquibancadas lotadas e a vibração do público mexeram com a emoção até de quem faz o espetáculo, como a joqueta Bárbara Melo. "É muito lindo ver tanta gente torcendo assim, é algo que não se vê nos grandes centros, espero poder voltar a montar aqui em breve", disse. O campeão do GP foi outro que saiu elogiando o que viu nas arquibancadas. "A sensação de correr aqui é muito boa, o público vibra e emociona muito", declarou A. Farias.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados