Em SP

Atletas do ‘Quem Luta Não Briga’ disputam Surdolimpíada Nacional

Projeto que integra o eixo de Prevenção Social do Pacto Pelotas pela Paz forma atletas na modalidade de Taekwondo

02 de Dezembro de 2021 - 18h23 Corrigir A + A -
Marcelo Bispo e Lucas Ribeiro são os pelotenses na disputa (Foto: Divulgação - Smed)

Marcelo Bispo e Lucas Ribeiro são os pelotenses na disputa (Foto: Divulgação - Smed)

Dois atletas de alto rendimento do projeto da prefeitura de Pelotas "Quem Luta Não Briga" (QLNB) irão participar da Surdolimpíada Nacional, que ocorre de 4 a 7 de dezembro, na cidade de São José dos Campos (SP). O evento, que conta com 15 modalidades esportivas e terá a participação de atletas surdos de todo o país, é o preparatório para a convocação final das seleções brasileiras para a Deaflympics ou Olimpíadas para Surdos, marcada para maio de 2022 em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha.

Os atletas de Pelotas, Marcelo Bispo e Lucas Ribeiro, acumulam títulos, como o de campeões de Taekwondo no Campeonato Brasileiro de Surdos em 2019. Com esse resultado, o coordenador do QLNB, mestre Rossano Diniz, da Secretaria de Educação e Desporto (Smed), foi convidado a assumir a coordenação do Departamento de Taekwondo da Confederação Brasileira de Desportos de Surdos.

Sobre o QLNB

O Quem Luta Não Briga é coordenado pela Smed, em parceria com o Instituto de Menores Dom Antônio Zattera e a Universidade Federal de Pelotas (UFPel). O projeto integra o eixo de Prevenção Social do Pacto Pelotas pela Paz, por meio da estratégia Infância Protegida, e visa proteger crianças e jovens da violência por meio da prática esportiva.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados