Copa América

Alisson coloca o Grêmio na semifinal

Com atuação segura, Tricolor derrotou o Bahia na Fonte Nova

17 de Julho de 2019 - 21h57 Corrigir A + A -
Alisson fez na segunda etapa o gol que deu a classificação ao Tricolor Gaúcho

Alisson fez na segunda etapa o gol que deu a classificação ao Tricolor Gaúcho

Na noite desta quarta-feira (17) o Grêmio entrou em campo para mais um jogo decisivo. Na Arena Fonte Nova, em Salvador, encarou o Bahia, pela partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil. E com gol de Alisson, conquistou a vitória por 1 a 0 sobre o time da casa e garantiu a vaga na semifinal da competição. 

Com o placar agregado mostrando 1 a 1, o primeiro tempo do duelo tricolor foi tanto tenso quanto intenso. As chances até foram poucas, mas boas. Embalado por 46 mil vozes, o Bahia chegou com perigo aos 25 minutos. Ramires cruzou na área, Lucas Fonseca pegou a sobra e chutou rasteiro, mas Paulo Victor se esticou todo para fazer a defesa. Aos 33, foi a vez do Grêmio colocar Douglas Friedrich para trabalhar após finalização de André. E logo na sequência do lance, o Esquadrão respondeu. O próprio arqueiro fez o lançamento, Gilberto escorou para Artur, que soltou o pé e viu o chute passar tirando tinta da meta gremista. Já na marca dos 42, o Imortal voltou ao ataque. Jean Pyerre fez boa jogada e tocou para André. O camisa 90 finalizou no cantinho e Douglas salvou o time da casa.

Se a bola não entrou na primeira etapa, na volta do intervalo a história foi diferente. Aos 18 minutos, Alisson recebeu na direita, driblou a marcação e finalizou rasteiro para anotar um golaço na Arena Fonte Nova e colocar o Grêmio na frente: 1 a 0. A partir dos 30, a equipe gaúcha passou a ter um jogador a mais em campo após expulsão de Moisés. Só que quem assustou foi o Bahia. Nino Paraíba colocou a bola na área e Fernandão testou firme rente à meta. Sem mais bola na rede, o Imortal carimbou a vaga rumo às semifinais da Copa do Brasil.

Garantido na próxima fase, o Grêmio enfrenta o Athletico-PR, que eliminou o Palmeiras.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados