Gauchão 2021

Ajustes para marcar mais gols

Técnico Cláudio Tencati tenta melhorar mecânica ofensiva da equipe para alcançar a primeira vitória em casa no Gauchão

15 de Abril de 2021 - 11h31 Corrigir A + A -
Cobrança por atenção na construção do jogo foi uma das tônicas da semana  (Foto: Carlos Insaurriaga/GEB)

Cobrança por atenção na construção do jogo foi uma das tônicas da semana (Foto: Carlos Insaurriaga/GEB)

Sem acesso aos treinamentos e às tradicionais coletivas de imprensa, o torcedor xavante está ansioso para saber as movimentações do time que se prepara para buscar a primeira vitória no Bento Freitas. Jogando na Baixada, o Brasil somou apenas dois pontos de 12 possíveis e marcou somente um gol. A dificuldade em atacar e construir as vitórias também está explícita na tabela de classificação: são nove pontos em nove rodadas. A dois jogos do término do Campeonato Gaúcho, os três pontos se tornaram uma obrigação inadiável para o time de Cláudio Tencati, que usa o tempo para aprimorar a construção ofensiva rubro-negra.

O retrospecto em casa terá de ser quebrado diante do São Luiz, adversário do próximo domingo, às 20h. Logo na estreia, o Xavante perdeu por 1 a 0 do Aimoré. Depois, empatou por 0 a 0 com o Caxias, foi superado pelo Internacional por 2 a 1 e ficou no 0 a 0 com o Pelotas, no clássico da última rodada. O grande desafio de Tencati será corrigir a postura e a mecânica ofensiva do time que tem um dos piores ataques da competição, com apenas seis gols marcados.

De acordo com informações de bastidores, o volante Bruno Mathias deverá receber uma nova oportunidade. Seu posicionamento, assim como o de Rômulo, foi trabalhado com muitas repetições na saída de jogo, onde começa a transição ofensiva. Depois, com a bola, os movimentos de Paulo Victor, Netto e Matheuzinho também foram policiados por Tencati. Viçosa, mais adiantado, complementaria o time indicado para ser o titular no final de semana.

A tendência é de que Tencati repita o padrão usado no clássico Bra-Pel, mas com uma mudança: Netto cairia por dentro, fazendo o papel de meia-atacante, com Paulo Victor pelo lado direito usando mais o centro do gramado e Vidal ultrapassando pela lateral. Assim, Tencati espera que o rubro-negro consiga trocar mais passes no campo ofensivo, criando situações de gols. Alguns destes ensaios foram colocados em prática ontem, em treinamento realizado à tarde, na Arena Marini.

Dúvidas e desfalques

Jarro voltou a sentir problema muscular e dificilmente estará entre os titulares. Arthur é outro na mesma situação. O jogador tem uma lesão muscular antiga e apresentou edema. O aproveitamento dos dois é incerto, mas os substitutos seriam Igor Miranda e Matheuzinho. Este último, deve ser utilizado pelo lado esquerdo, já que Netto foi testado na vaga de Bruno Paraíba, lesionado.

Cristian e Gabriel Terra seguem entregues ao departamento médico. Everton Dias, suspenso, também não fica à disposição para a partida com o São Luiz.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados