Empreendimento

Um pedacinho do Uruguai aqui muito pertinho

La Carreta será o primeiro ponto gastronômico a se instalar no Bairro Quartier, com previsão para janeiro de 2021

14 de Novembro de 2020 - 09h55 Corrigir A + A -

Por: Maria da Graça Marques
graca@diariopopular.com.br 

O La Carreta junto ao posto na Bento, foi o primeiro da expansão e já recebeu novos investimentos  (Foto: Divulgação - DP)

O La Carreta junto ao posto na Bento, foi o primeiro da expansão e já recebeu novos investimentos (Foto: Divulgação - DP)

A ideia surgiu há três anos e deu certo. Tanto que nem a pandemia da Covid-19 assustou o casal Daniel Paulsen e Ivana Siqueira, que colocam em prática o projeto de expansão do La Carreta. Será o primeiro ponto gastronômico a se instalar no Bairro Quartier, em Pelotas, e em janeiro de 2021 funcionará como restaurante, unindo as gastronomias uruguaia e gaúcha na rua Marcílio Dias, entre avenida Bento Gonçalves e rua Doutor Amarante.

O começo foi como hobby, a partir do gosto pelo sabor da comida uruguaia, conta Ivana. A localização na rua Jacob Bayni era próxima de casa, lembra a empresária - ela e o marido são administradores de empresa. “Ali, fizemos clientela”. O próximo passo foi levar a venda de panchos, chivitos e choripans para junto do Posto Paulo Moreira na avenida Bento Gonçalves, esquina com a rua General Osório. Da família, apenas ele trouxe a experiência do pai com restaurante.

Sem abrir mão da qualidade e da rapidez no atendimento, o ponto foi o início de outro projeto, dentro do planejamento estratégico do negócio: ampliar e qualificar o local, com um pergolado e um deck para dar mais conforto aos clientes, e expandir para outras cidades, através de sócios-parceiros. 

Em São Lourenço do Sul, junto ao Hotel das Figueiras, abre no início de dezembro, e em Balneário Camboriú, até o fim de novembro. No Bairro Quartier, o La Carreta chega na metade de dezembro, diz Ivana. “No meio da crise, expandimos por acreditar no negócio”, completa. Somando tudo, os investimentos somam R$ 400 mil.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados