Novo visual

Tumelero faz adequação da fachada da filial Pelotas

No sábado, foi retirada parte da fachada e no máximo entre 30 e 40 dias estará pronta a alteração necessária

07 de Agosto de 2018 - 14h36 Corrigir A + A -

Por: Maria da Graça Marques
graca@diariopopular.com.br 

Alteração. Elemento decorativo junto à porta foi retirado, mas voltará em breve  (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Alteração. Elemento decorativo junto à porta foi retirado, mas voltará em breve (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Tradicional ponto de vendas da avenida Fernando Osório, a loja da rede Tumelero em Pelotas passa apenas por obras de adequação da fachada, explica o gerente Marco Oliveira, tranquilizando quem observou os trabalhos no local, sem saber o que estava ocorrendo.

No sábado, foi retirada parte da fachada e no máximo entre 30 e 40 dias estará pronta a alteração necessária, diz Oliveira. Em fevereiro, a filial da rede foi notificada pelo Executivo municipal por poluição visual, assim como outros estabelecimentos próximos, conta o gerente. “Não fomos autuados. Não fomos multados”, explica.

“Desde lá, estamos vendo a melhor maneira de adequar”, completa Oliveira. A questão está relacionada com elemento decorativo utilizado por todas as lojas da rede - uma fachada de casa que sobressai na entrada das filiais. Na de Pelotas, ela será encaixada na parede.

Dentro do projeto da rede, este elemento também serve de proteção nos dias de chuva. Em Rio Grande, decoração igual é utilizada em prédio ocupado pela filial da rua Senador Correa e em Bagé, na da rua General Netto, como pode ser observado no site da Tumelero.

Com estacionamento próprio, a filial Tumelero em Pelotas apresenta um mix diferenciado, a partir do conceito Home Center, que a empresa adotou durante o processo de compra da rede gaúcha pelo grupo francês Saint-Gobain, anunciado oficialmente em março de 2017.

Hoje, os clientes têm muitas opções, com foco também direcionado para a decoração. Tradicionalmente, a rede Tumelero, com uma área de três mil metros na loja de Pelotas, era reconhecida como expert na venda de materiais de construção e reforma.

Presença forte no país
Com a compra, a Saint-Gobain chegou ao Rio Grande do Sul, depois de estar presente em São Paulo, Minas Gerais e Paraná, com as bandeiras Telhanorte, Telhanorte Conceito, Pro Telhanorte, consolidando-se como a maior varejista do setor em número de pontos de vendas.

Já a Tumelero foi fundada em 1967 em Porto Alegre e manteve-se no mercado, até a compra pela Saint-Gobain, com portifólio de materiais de construção e serviços para o consumidor final e os profissionais do setor.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados