Quarentena

Shopping Pelotas terá novos horários

Mudanças recentes nos decretos deram mais tempo de funcionamento para lojas e para a praça de alimentação; comércio em geral segue com os mesmos horários

23 de Maio de 2020 - 14h19 Corrigir A + A -

Por: Maria da Graça Marques
graca@diariopopular.com.br 

Lojas e Praça de Alimentação já podem funcionar diariamente até mais tarde (Foto: Jô Folha - DP)

Lojas e Praça de Alimentação já podem funcionar diariamente até mais tarde (Foto: Jô Folha - DP)

A partir de ajustes dos recentes decretos municipais, o Shopping Pelotas passou a ter novos horários de funcionamento, atendendo a argumentos dos próprios lojistas sobre a presença de consumidores no local após o fechamento do comércio tradicional da área central, segundo divulga o Executivo Municipal.

Com as alterações feitas, as lojas do Shopping Pelotas já poderão permanecer abertas diariamente do meio-dia às 20h, ganhando uma hora a mais para atender aos clientes. A exceção neste expediente fica por conta da Praça da Alimentação, que poderá começar a funcionar a partir das 11h - com duas horas a mais também para permanecer aberta.

Outra alteração diz respeito ao ingresso de menores de idade no Shopping Center, o que agora é possível, desde que estejam acompanhados de adultos - um maior e um menor da mesma família - e resguardados os cuidados exigidos pelo local e sem sintomas visíveis relacionados a síndromes grupais, alterações respiratórias ou febre.

O comércio em geral da cidade continua com os mesmos horários de funcionamento, das 10h às 18h. Estão com alterações de horário apenas as ferragens ou estabelecimentos que vendam materiais de construção, que poderão funcionar de portas abertas das 8h30min até as 16h30min, mas com serviço de telentrega em qualquer horário, diz nota da Prefeitura de Pelotas.

As mudanças feitas a partir desta sexta-feira (22) têm como base o Decreto Estadual em vigência desde 11 de maio, sobre o distanciamento controlado. Nesta sexta-feira, Pelotas encerrou a segunda semana com a bandeira laranja, estabelecida pelo zoneamento determinado pelo Governo do Estado no controle do novo coronavírus.

Decreto

Segundo o Decreto 6.278, sempre que possível, os estagiários devem ser dispensados das atividades presenciais, convertendo a ausência em recesso ou teletrabalho, sem prejuízo ao recebimento da bolsa-auxílio.
Aqueles que forem menores de idade ficam, obrigatoriamente, dispensados de trabalhar nos locais em que foram lotados, enquanto a pandemia da Covid-19 não acabar. Deverá ser observada – no desempenho das funções por meio remoto – a mesma carga horária e o quanto as rotinas laborais estão condizentes com as tarefas previstas no termo de compromisso de estágios.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados