Lotes

Receita faz leilão de mercadorias apreendidas

Pessoas jurídicas podem adquirir todos os lotes, mas as físicas apenas 40, conforme consta no edital

18 de Novembro de 2020 - 13h37 Corrigir A + A -
Veículos diversos estão distribuídos em 45 lotes deste que é o segundo leilão realizado no ano (Foto: Divulgação - DP)

Veículos diversos estão distribuídos em 45 lotes deste que é o segundo leilão realizado no ano (Foto: Divulgação - DP)

A Delegacia da Receita Federal do Brasil (RFB) em Pelotas realiza novo leilão eletrônico de mercadorias apreendidas no dia 25, com a utilização de certificado digital, através do portal e-CAC na página da RFB na internet, o www.rfb.gov.br. Todos os lotes podem ser conferidos na própria página, em Leilão > Sistema de Leilão Eletrônico. As pessoas jurídicas podem adquirir todos os lotes, mas as físicas apenas 40, conforme consta no edital 1010200/00003/2020.

No total, são oferecidos 65 lotes, com mercadorias diversas. Uma das peculiaridades do leilão, considerado de pequeno porte, é o lote com pedras semipreciosas, apreendidas em Uruguaiana, com lance mínimo de R$ 12 mil. Chama a atenção também neste leilão, o segundo que ocorre na Delegaciada RFB em Pelotas, é o número de lotes com veículos - mais da metade. Do total, são 45 de veículos - todos recuperáveis, explica o responsável pela licitação na Delegacia da RFB em Pelotas, Ademir Farias. Entre eles, o lote 58 contém um caminhão, com lance mínimo de R$ 48 mil, um dos maiores do leilão.

Como participar?

As propostas de compra já podem ser registradas no sistema de leilão eletrônico até as 18h do dia 24 de novembro. As maiores entrarão na sessão de lances sucessivos, on-line, a partir das 9h30min do dia 25, com duração de uma hora. Outras informações são obtidas junto à Comissão de Licitação, através do e-mail leilao.pelotas@rfb.gov.br, ou na página da RFB.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados