Leão

Quase metade dos contribuintes ainda não entregou a declaração

Quem perder o prazo pagará a multa mínima de R$ 165,74 e máxima de até 20% sobre o imposto devido

24 de Abril de 2019 - 14h20 Corrigir A + A -

Por: Maria da Graça Marques
graca@diariopopular.com.br 

De Pelotas, foram recebidas pelo órgão, até terça, 34.777 declarações - no ano passado, foram transmitidas 61.506 declarações, com arrecadação de R$ 79.776.673,95.

De Pelotas, foram recebidas pelo órgão, até terça, 34.777 declarações - no ano passado, foram transmitidas 61.506 declarações, com arrecadação de R$ 79.776.673,95.

A sete dias do prazo final, pouco menos de 42% das pessoas físicas ainda não entregaram as declarações do Imposto de Renda 2019 no país. Segundo balanço apresentado pela Receita Federal do Brasil (RFB), 17.974.064 de declarações foram entregues até as 17h de terça-feira (23).

No Rio Grande do Sul, estes dados são, respectivamente, pouco mais de 37,15% de declarações não entregues e 1.325.755 já transmitidas, de um total esperado de 2,1 milhões de declarações. No país, a RFB estima que sejam entregues 30,5 milhões de declarações. Do total no Brasil, em 35.906 (0,20%) foram utilizadas certificações digitais e em 17.556.363 (99,80%) não foram.

As pessoas físicas têm o prazo final para entrega das declarações de 2019 até as 23h59min do dia 30 de abril, havendo sempre o risco de congestionamento do sistema de transmissão junto ao site da RFB. Quem perder o prazo pagará a multa mínima de R$ 165,74 e máxima de até 20% sobre o imposto devido.

Está obrigada a apresentar a declaração a pessoa física que recebeu soma superior a R$ 28.559,70 no ano-base de 2018; exerce atividade rural e obteve receita bruta acima de R$ 142.798,50; realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros ou obteve ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeitos à incidência de impostos; é dono de bens ou direitos, em valor acima de R$ 300 mil; transferiu a condição de residentes em território brasileiro; ou quer compensar prejuízos de atividade rural de anos anteriores.

Estatísticas da região
Na jurisdição da Delegacia da RFB em Pelotas, já foram entregues 99.944 declarações. Tomando por base o total recebido no ano passado, é estimada a transmissão mínima de 180 mil declarações. Em 2018, foram entregues 176.692 declarações da abrangência dos 34 municípios da região, que geraram uma arrecadação de mais de R$ 197, 7 milhões à RFB. Confira os números das duas cidades com as maiores arrecadações:

- De Pelotas, foram recebidas pelo órgão, até terça, 34.777 declarações - no ano passado, foram transmitidas 61.506 declarações, com arrecadação de R$ 79.776.673,95.

- De Rio Grande, já foram entregues 23.422 declarações - no ano passado, foram 40.493 declarações, que geraram arrecadação de R$ 36.484.240,57.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados